Programa Lisboa (2018)

Programa de Atividades de Lisboa
Os mistérios da água! Conhecer para preservarÁrea: Ciências Naturais e do Ambiente
Apresentação sobre o património hidrológico Português e Ibérico das águas minerais naturais termais e seus efeitos na saúde e sociedade; Workshop com degustação de diferentes águas minerais naturais engarrafadas e exemplo prático de quantificação química da água mineral natural do séc .XIX; curiosidades da água mineral termal de Cabeço de Vide.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-IST
Espaço: Jardim Botânico
Navegar por oceanos limpos com revestimentos antiincrustantes não tóxicosÁrea: Ciências Naturais e do Ambiente
Nesta atividade pretende mostrar-se uma tecnologia inovadora que permite fixar agentes anti-incrustantes sintéticos em revestimentos poliméricos, que atuaram como revestimentos antiincrustantes sem libertação de agentes tóxicos para o meio aquático - tecnologia não tóxica e amiga do ambiente.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-FC-CQB
Espaço: Serviços Educativos/ MUHNAC Piso 1
EDUMAR - EDUcar para o MAR Área: Ciências Naturais e do Ambiente
Neste espaço funcionarão duas atividades: Alterações climáticas: monitorização dos parâmetros físico-químicos da água do mar e Alterações climáticas – monitorização das espécies na zona entre-marés.
Entidade dinamizadora: Escola Superior de Educação João de Deus
Espaço: Átrio / MUHNAC Piso 0
A cidade do futuro: entre o rio e o MAR(E) Área: Ciências Naturais e do Ambiente
Nesta atividade os investigadores do MARE irão mostrar como se estudam as migrações dos peixes, como se observam as ostras dos nossos estuários e as microalgas ao microscópio; irão descobrir-se espécies exóticas, aprender sobre os tubarões da nossa costa e conhecer produtos inspirados nos organismos marinhos. Termine a sua viagem com um mergulho virtual no mar português, porque uma experiência vale mais que mil palavras.
Entidade dinamizadora: MARE
Espaço: Jardim Botânico
Gelatinosos à solta no Museu! Área: Ciências Naturais e do Ambiente
A atividade consiste num jogo educativo do género “Caça ao Tesouro” que poderá ser realizada individualmente ou em equipa. O jogo simulará a participação no programa GelAvista como voluntário, passando pela observação dos organismos e pela recolha da respetiva informação de cada avistamento. Esta atividade tem como objectivo sensibilizar os cidadãos para a biodiversidade marinha.
Entidade dinamizadora: IPMA
Espaço: Claustro / MUHNAC Piso 0
Power the Grid - jogo de gestão de um sistema de energia Área: Ciências Naturais e do Ambiente
Jogo de estratégia em tempo real que simula a rede elétrica. Permite o controle de centrais elétricas de diferentes fontes de energia, gestão de recursos, investimento em energias renováveis, ajustando procura e oferta.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-Instituto Dom Luiz
Espaço: Sala Multiusos / MUHNAC Piso 1
Solar city Área: Ciências Naturais e do Ambiente
Nesta atividade, os participantes deverão construir cidades sustentáveis com os materiais disponíveis e fazer algumas escolhas acerca da produção e consumo da sua cidade.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-Instituto Dom Luiz
Espaço: Sala Multiusos / MUHNAC Piso 1
Tsunami: o perigo que vem do oceano Área: Ciências Naturais e do Ambiente
Simulação de ondas de tsunamis. Sensibilização do público para a prevenção e medidas de proteção em caso de tsunami.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-Instituto Dom Luiz
Espaço: Sala Multiusos / MUHNAC Piso 1
Vulcão Party Popper Área: Ciências Naturais e do Ambiente
Um jogo em que os participantes colocam pesos dentro de um recipiente ligado a um popper, que ao atingir um peso crítico, explode, simulando uma erupção explosiva. Esta atividade demonstra a imprevisibilidade das erupções dos vulcões e a acumulação de pressão na câmara magmática que provoca erupções explosivas.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-Instituto Dom Luiz
Espaço: Sala Multiusos / MUHNAC Piso 1
Plantas na cidade – há que conhecê-las, preservá-las… e (algumas) comê-las! Área: Ciências Naturais e do Ambiente
As nossas cidades seriam irreconhecíveis sem plantas. Nesta atividade venha ver como as nossas tradições culturais e gastronómicas se podem combinar na perfeição com uma vida sustentável nas cidades e com a preservação/armazenamento das nossas mais importantes leguminosas tradicionais.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-ISA-LEAF
Espaço: Claustro/ MUHNAC Piso 0
O Projeto BioDiversity4All Área: Ciências Naturais e do Ambiente
Dar a conhecer o projeto BioDiversity4All que tem, desde o verão de 2018, um novo site e aplicação móvel. Realizar atividades de registo de espécies através da aplicação móvel e usando o jogo "Quem quer ser um Naturalista amador?" ficar a conhecer melhor a biodiversidade de Portugal.
Entidade dinamizadora: BioDiversity4All
Espaço: Príncipe Real
Natura non grata - O estranho caso da processionária do pinheiro Área: Ciências Naturais e do Ambiente
Nesta atividade, em forma de jogo, os participantes serão convidados a conhecer o ciclo de vida da processionária do pinheiro (Thaumetopoea pityocampa). Os participantes serão ainda convidados a conhecer as medidas que podem ser implementadas para controlar a espécie e diminuir o contacto com o homem e os animais de estimação.
Entidade dinamizadora: SPEN
Espaço: Sala da Baleia / MUHNAC Piso 1
LNEG: o futuro próximo dos recursos do território Área: Ciências Naturais e do Ambiente
O LNEG é um Laboratório de Estado de investigação, demonstração e desenvolvimento tecnológico cuja missão é promover a inovação tecnológica para o desenvolvimento da economia.
Entidade dinamizadora: LNEG
Espaço: Exp. Participativa da Física / MUHNAC Piso 1
O meu conforto térmico é muito vulnerável às alterações climáticas?Área: Ciências Naturais e do Ambiente
Utilizando um sistema de informação geográfica os visitantes podem selecionar uma qualquer cidade e uma freguesia em Portugal e verificar qual a vulnerabilidade do conforto térmico das habitações no clima atual e em 2050.
Entidade dinamizadora: UNL-FCT-CENSE
Espaço: Jardim Botânico
Alfama Sustentável Área: Ciências Naturais e do Ambiente
O bairro de Alfama está a ser objeto de um projeto de ideação para o transformar num caso exemplar de sustentabilidade em centros históricos. A atividade desafiará os participantes a submeterem ideias disruptivas em diversos domínios como energia limpa e eficiente, mobilidade limpa, espaços públicos resilientes ao clima, produção de alimentos, novos modelos de negócio locais, economia circular, e soluções baseadas na natureza, entre outros, com vista a Alfama Sustentável.
Entidade dinamizadora: UNL-FCT-CENSE
Espaço: Jardim Botânico
A Beleza do Embrião Área: Ciências Naturais e do Ambiente
A atividade terá como objetivo explicar ao grande público (com um destaque particular aos mais novos) o que é a Biologia do Desenvolvimento. Para tal, teremos em exposição exemplos de vários tipos de embriões que são usados como modelo em investigação (exemplo: ratinho, galinha, peixe-zebra), alguns dos quais poderão ser observados com a ajuda de lupas/microscópios.
Entidade dinamizadora: SPBD
Espaço: Sala Azul / MUHNAC Piso 1
Desenhando uma cidade energeticamente sustentável Área: Ciências Naturais e do Ambiente
Os visitantes podem desenhar planos para melhorar a sustentabilidade do sistema energético da cidade de Évora em 2030. Cada plano é seguidamente avaliado no que respeita à redução de emissões de gases de efeito de estufa, custos associados e aceitabilidade.
Entidade dinamizadora: UNL-FCT-CENSE
Espaço: Jardim Botânico
Alterações Climáticas e Património Edificado | Revestimentos Azulejares e Condições Ambientais Área: Ciências Naturais e do Ambiente
Atividade conjunta de duas temáticas com demonstradores lúdicos e experimentais:
1 - Os efeitos das alterações climáticas em património construído de impacto internacional, com apresentação de casos de estudo do projeto H2020 HERACLES.
2 – Os revestimentos em azulejo dos edifícios e monumentos nacionais exposto a condições ambientais adversas como património a valorizar e conservar, com demonstração dos efeitos físico-químicos, estruturais e biológicos sobre diversas peças.
Entidade dinamizadora: UNL-FCT-CENIMAT/i3N
Espaço: Lab. Cyrillo Soares / MUHNAC Piso 1
Fogo e património construído em pedra Área: Ciências Naturais e do Ambiente
Nesta atividade os participantes poderão observar, para diferentes materiais pétreos, os efeitos dos incêndios, tendo por base simulações laboratoriais com diferentes temperaturas. Procurar-se-á levar amostras desses materiais assim como resultados de algumas alterações induzidas em características físicas, mecânicas e mineralógicas.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-IST-CERENA
Espaço: Príncipe Real
Biossensores em papel para aplicações em património cultural Área: Ciências Naturais e do Ambiente
Atividade conjunta de duas temáticas com demonstradores lúdicos e experimentais:
1 – Os biossensores em papel como meio de diagnóstico e de identificação de contaminantes fúngicos e bacterianos em materiais do património cultural como pergaminho, papel, vidro e pedra.
2 - A importância das matérias primas desde a pré-história até aos nossos dias no contexto do desenvolvimento Europeu como ferramenta de atividades de turismo cultural e preservação de locais mineiros de interesse histórico na Europa.
Entidade dinamizadora: UNL-FCT-CENIMAT/i3N
Espaço: Lab. Cyrillo Soares / MUHNAC Piso 1

Camarinhas, um pequeno fruto de grande potencial Área: Ciências Naturais e do Ambiente
A camarinha, Corema album (L.) D. Don da família das Ericáceas, é uma espécie dioica endémica das dunas atlânticas da Península Ibérica. Os frutos, além da sua cor distinta branca e de sabor doce, apresentam um valor nutritivo elevado e características importantes quanto à sua composição em antioxidantes. O vídeo "Camarinha - um pequeno fruto de grande potencial" (INIAV & EPVR, 2015) e a mostra de plantas e frutos permitem dar a conhecer este pequeno fruto de grande potencial.
Entidade dinamizadora: INIAV
Espaço: Príncipe Real

Inimigos (quase) invisíveis da floresta Área: Ciências Naturais e do Ambiente
As florestas enfrentam ameaças de diferentes tipos, para além das secas prolongadas e dos incêndios. Vamos conhecer alguns organismos (insetos, nemátodes e fungos) que todos os anos são a causa da morte de milhares de árvores, em Portugal e em todas as partes do mundo.
Entidade dinamizadora: INIAV
Espaço: Príncipe Real
CUIDADO! Estamos a criar cientistas Área: Ciências Naturais e do Ambiente
Extracção de DNA e testes Elisa para determinação de grau de imunidade (Kit Imunogenius)
Entidade dinamizadora: Ordem dos Biólogos
Espaço: Jardim do Príncipe Real
Como os dinossauros ganham forma Área: Ciências Naturais e do Ambiente
Esta atividade irá demonstrar como são extraídos os fósseis de dinossauro da rocha e como depois se montam os esqueletos destes animais.
Entidade dinamizadora: GEAL / Museu da Lourinhã
Espaço: Príncipe Real

Atividades experimentais

Ciências Naturais e do Ambiente

Os mistérios da água! Conhecer para preservar (mostrar mais) Apresentação sobre o património hidrológico Português e Ibérico das águas minerais naturais termais e seus efeitos na saúde e sociedade; Workshop com degustação de diferentes águas minerais naturais engarrafadas e exemplo prático de quantificação química da água mineral natural do séc .XIX; curiosidades da água mineral termal de Cabeço de Vide.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-IST
Espaço: Jardim Botânico 

Navegar por oceanos limpos com revestimentos antiincrustantes não tóxicos (mostrar mais) Nesta atividade pretende mostrar-se uma tecnologia inovadora que permite fixar agentes anti-incrustantes sintéticos em revestimentos poliméricos, que atuaram como revestimentos antiincrustantes sem libertação de agentes tóxicos para o meio aquático - tecnologia não tóxica e amiga do ambiente.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-FC-CQB
Espaço: Serviços Educativos/ MUHNAC Piso 1 

EDUMAR - EDUcar para o MAR (mostrar mais) Neste espaço funcionarão duas atividades: Alterações climáticas: monitorização dos parâmetros físico-químicos da água do mar e Alterações climáticas – monitorização das espécies na zona entre-marés.
Entidade dinamizadora: Escola Superior de Educação João de Deus
Espaço: Átrio / MUHNAC Piso 0 

A cidade do futuro: entre o rio e o MAR(E) (mostrar mais) Nesta atividade os investigadores do MARE irão mostrar como se estudam as migrações dos peixes, como se observam as ostras dos nossos estuários e as microalgas ao microscópio; irão descobrir-se espécies exóticas, aprender sobre os tubarões da nossa costa e conhecer produtos inspirados nos organismos marinhos. Termine a sua viagem com um mergulho virtual no mar português, porque uma experiência vale mais que mil palavras.
Entidade dinamizadora: MARE
Espaço: Jardim Botânico

Gelatinosos à solta no Museu! (mostrar mais) A atividade consiste num jogo educativo do género “Caça ao Tesouro” que poderá ser realizada individualmente ou em equipa. O jogo simulará a participação no programa GelAvista como voluntário, passando pela observação dos organismos e pela recolha da respetiva informação de cada avistamento. Esta atividade tem como objectivo sensibilizar os cidadãos para a biodiversidade marinha.
Entidade dinamizadora: IPMA
Espaço: Claustro / MUHNAC Piso 0

Power the Grid - jogo de gestão de um sistema de energia (mostrar mais) Jogo de estratégia em tempo real que simula a rede elétrica. Permite o controle de centrais elétricas de diferentes fontes de energia, gestão de recursos, investimento em energias renováveis, ajustando procura e oferta.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-Instituto Dom Luiz
Espaço: Sala Multiusos / MUHNAC Piso 1

Solar city (mostrar mais) Nesta atividade, os participantes deverão construir cidades sustentáveis com os materiais disponíveis e fazer algumas escolhas acerca da produção e consumo da sua cidade.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-Instituto Dom Luiz
Espaço: Sala Multiusos / MUHNAC Piso 1

Vulcão Party Popper (mostrar mais) Um jogo em que os participantes colocam pesos dentro de um recipiente ligado a um popper, que ao atingir um peso crítico, explode, simulando uma erupção explosiva. Esta atividade demonstra a imprevisibilidade das erupções dos vulcões e a acumulação de pressão na câmara magmática que provoca erupções explosivas.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-Instituto Dom Luiz
Espaço: Sala Multiusos / MUHNAC Piso 1

Tsunami: o perigo que vem do oceano (mostrar mais) Simulação de ondas de tsunamis. Sensibilização do público para a prevenção e medidas de proteção em caso de tsunami.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-Instituto Dom Luiz
Espaço: Sala Multiusos / MUHNAC Piso 1

Plantas na cidade – há que conhecê-las, preservá-las… e (algumas) comê-las! (mostrar mais) As nossas cidades seriam irreconhecíveis sem plantas. Nesta atividade venha ver como as nossas tradições culturais e gastronómicas se podem combinar na perfeição com uma vida sustentável nas cidades e com a preservação/armazenamento das nossas mais importantes leguminosas tradicionais.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-ISA-LEAF
Espaço: Claustro/ MUHNAC Piso 0

O Projeto BioDiversity4All (mostrar mais) Dar a conhecer o projeto BioDiversity4All que tem, desde o verão de 2018, um novo site e aplicação móvel. Realizar atividades de registo de espécies através da aplicação móvel e usando o jogo "Quem quer ser um Naturalista amador?" ficar a conhecer melhor a biodiversidade de Portugal.
Entidade dinamizadora: BioDiversity4All
Espaço: Príncipe Real

Natura non grata - O estranho caso da processionária do pinheiro (mostrar mais) Nesta atividade, em forma de jogo, os participantes serão convidados a conhecer o ciclo de vida da processionária do pinheiro (Thaumetopoea pityocampa). Os participantes serão ainda convidados a conhecer as medidas que podem ser implementadas para controlar a espécie e diminuir o contacto com o homem e os animais de estimação.
Entidade dinamizadora: SPEN
Espaço: Sala da Baleia / MUHNAC Piso 1

LNEG: o futuro próximo dos recursos do território (mostrar mais) O LNEG é um Laboratório de Estado de investigação, demonstração e desenvolvimento tecnológico cuja missão é promover a inovação tecnológica para o desenvolvimento da economia.
Entidade dinamizadora: LNEG
Espaço: Exp. Participativa da Física / MUHNAC Piso 1 

O meu conforto térmico é muito vulnerável às alterações climáticas? (mostrar mais) Utilizando um sistema de informação geográfica os visitantes podem selecionar uma qualquer cidade e uma freguesia em Portugal e verificar qual a vulnerabilidade do conforto térmico das habitações no clima atual e em 2050.
Entidade dinamizadora: UNL-FCT-CENSE
Espaço: Jardim Botânico

Alfama Sustentável (mostrar mais) O bairro de Alfama está a ser objeto de um projeto de ideação para o transformar num caso exemplar de sustentabilidade em centros históricos. A atividade desafiará os participantes a submeterem ideias disruptivas em diversos domínios como energia limpa e eficiente, mobilidade limpa, espaços públicos resilientes ao clima, produção de alimentos, novos modelos de negócio locais, economia circular, e soluções baseadas na natureza, entre outros, com vista a Alfama Sustentável.
Entidade dinamizadora: UNL-FCT-CENSE
Espaço: Jardim Botânico

A Beleza do Embrião (mostrar mais) A atividade terá como objetivo explicar ao grande público (com um destaque particular aos mais novos) o que é a Biologia do Desenvolvimento. Para tal, teremos em exposição exemplos de vários tipos de embriões que são usados como modelo em investigação (exemplo: ratinho, galinha, peixe-zebra), alguns dos quais poderão ser observados com a ajuda de lupas/microscópios.
Entidade dinamizadora: SPBD
Espaço: Sala Azul / MUHNAC Piso 1

Desenhando uma cidade energeticamente sustentável (mostrar mais) Os visitantes podem desenhar planos para melhorar a sustentabilidade do sistema energético da cidade de Évora em 2030. Cada plano é seguidamente avaliado no que respeita à redução de emissões de gases de efeito de estufa, custos associados e aceitabilidade.
Entidade dinamizadora: UNL-FCT-CENSE
Espaço: Jardim Botânico

Alterações Climáticas e Património Edificado | Revestimentos Azulejares e Condições Ambientais (mostrar mais) Atividade conjunta de duas temáticas com demonstradores lúdicos e experimentais:
1 - Os efeitos das alterações climáticas em património construído de impacto internacional, com apresentação de casos de estudo do projeto H2020 HERACLES.
2 – Os revestimentos em azulejo dos edifícios e monumentos nacionais exposto a condições ambientais adversas como património a valorizar e conservar, com demonstração dos efeitos físico-químicos, estruturais e biológicos sobre diversas peças.
Entidade dinamizadora: UNL-FCT-CENIMAT/i3N
Espaço: Lab. Cyrillo Soares / MUHNAC Piso 1

Fogo e património construído em pedra (mostrar mais) Nesta atividade os participantes poderão observar, para diferentes materiais pétreos, os efeitos dos incêndios, tendo por base simulações laboratoriais com diferentes temperaturas. Procurar-se-á levar amostras desses materiais assim como resultados de algumas alterações induzidas em características físicas, mecânicas e mineralógicas.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-IST-CERENA
Espaço: Príncipe Real

Biossensores em papel para aplicações em património cultural (mostrar mais) Atividade conjunta de duas temáticas com demonstradores lúdicos e experimentais:
1 – Os biossensores em papel como meio de diagnóstico e de identificação de contaminantes fúngicos e bacterianos em materiais do património cultural como pergaminho, papel, vidro e pedra.
2 - A importância das matérias primas desde a pré-história até aos nossos dias no contexto do desenvolvimento Europeu como ferramenta de atividades de turismo cultural e preservação de locais mineiros de interesse histórico na Europa.
Entidade dinamizadora: UNL-FCT-CENIMAT/i3N
Espaço: Lab. Cyrillo Soares / MUHNAC Piso 1

Camarinhas, um pequeno fruto de grande potencial (mostrar mais) A camarinha, Corema album (L.) D. Don da família das Ericáceas, é uma espécie dioica endémica das dunas atlânticas da Península Ibérica. Os frutos, além da sua cor distinta branca e de sabor doce, apresentam um valor nutritivo elevado e características importantes quanto à sua composição em antioxidantes. O vídeo "Camarinha - um pequeno fruto de grande potencial" (INIAV & EPVR, 2015) e a mostra de plantas e frutos permitem dar a conhecer este pequeno fruto de grande potencial.
Entidade dinamizadora: INIAV
Espaço: Príncipe Real

Inimigos (quase) invisíveis da floresta (mostrar mais) As florestas enfrentam ameaças de diferentes tipos, para além das secas prolongadas e dos incêndios. Vamos conhecer alguns organismos (insetos, nemátodes e fungos) que todos os anos são a causa da morte de milhares de árvores, em Portugal e em todas as partes do mundo.
Entidade dinamizadora: INIAV
Espaço: Príncipe Real

CUIDADO! Estamos a criar cientistas (mostrar mais) Extracção de DNA e testes Elisa para determinação de grau de imunidade (Kit Imunogenius)
Entidade dinamizadora: Ordem dos Biólogos
Espaço: Jardim do Príncipe Real 

Como os dinossauros ganham forma (mostrar mais) Esta atividade irá demonstrar como são extraídos os fósseis de dinossauro da rocha e como depois se montam os esqueletos destes animais.
Entidade dinamizadora: GEAL / Museu da Lourinhã
Espaço: Príncipe Real

 

Ciências da Saúde

Sistemas de Veiculação aplicados a Medicamentos e Produtos de Saúde (mostrar mais) Nesta atividade, serão apresentados os diversos passos de desenvolvimento de sistemas de veiculação, aplicáveis a medicamentos, suplementos alimentares, cosméticos e dispositivos médicos.
Entidade dinamizadora: ULHT-CBIOS
Espaço: Lab. Cyrillo Soares / MUHNAC Piso 1

Como manter a mente e o cérebro saudáveis ao longo do envelhecimento? (mostrar mais) O objetivo desta atividade é sensibilizar a população para a melhoraria da sua qualidade de vida através da adopção de hábitos de vida saudável. Irá mostrar-se como o envelhecimento ativo é fundamental para manter um estilo de vida saudável, quais as alterações que ocorrem no nosso cérebro ao longo do envelhecimento e quais as consequências que a ausência de hábitos saudáveis pode ter no cérebro.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-Colégio Mente-Cérebro
Espaço: Exp. Aventura na Terra / MUHNAC Piso 1

À procura do açúcar nos alimentos processados (mostrar mais) A atividade visa promover o conhecimento acerca do teor de açúcar de alimentos processados através da realização de diferentes jogos (e.g., correspondência entre alimentos e quantidade de açúcar).
Entidade dinamizadora: CIS-IUL
Espaço: Exp. Aventura na Terra / MUHNAC Piso 1

Uma cidade chamada "Célula" (mostrar mais) Nesta atividade, os visitantes vão observar ao microscópio diferentes células e as estruturas que as compõem. Vão ainda experimentar a sorte num jogo da glória gigante de viagens dentro desta cidade e descobrir nos vários caminhos como funciona o centro de energia da célula.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-FM-iMM
Espaço: Exp. Aventura na Terra / MUHNAC Piso 1

Gelifica-te! (mostrar mais) Preparação de um gel esfoliante de aplicação tópica com diferentes cores e cheiros. Para tal utiliza-se um carbómero intumescido que, após adição, de uma base gelifica. Dar a perceber o conceito da criação de uma preparação farmacêutica/cosmética.
Entidade dinamizadora: ULISBOA-FF-iMed
Espaço: Lab. Pirognósticos / MUHNAC Piso 0

Supercientistas X Superbactérias: o combate do milénio! (mostrar mais) Serão disponibilizadas informações e materiais lúdicos (trípticos, jogos, filmes animados) de suporte à divulgação do projecto HAITooL, por forma a contactar com o público mais novo (e seus familiares), promovendo a sensibilização na comunidade acerca da temática do combate às infecções associadas aos cuidados de saúde e a resistência aos antibióticos.
Entidade dinamizadora: UNL-IHMT-GHMT
Espaço: Lab. Pirognósticos / MUHNAC Piso 0

Alerta: Infeção! (mostrar mais) Esta atividade tem como objetivo analisar a transmissão de doenças infecciosas; convida-se os visitantes a participar num jogo interativo, que os conduz pelo dia-a-dia na cidade, desde casa até ao trabalho, passando pelos transportes públicos, com o objetivo de ilustrar a facilidade de contaminação através de superfícies e perceber como uma simples lavagem de mãos pode reduzir esta contaminação.
Entidade dinamizadora: IGC
Espaço: Claustro / MUHNAC Piso 0

Enzimas em ação (mostrar mais) Em cada célula existe um sem número de enzimas que estão envolvidas em processos tão distintos como a divisão celular ou a obtenção de energia. Nesta atividade, de forma a estudar a sua função e estrutura, iremos isolar e identificar a enzima catalase, e verificar a acção de uma protease (degradação de outras proteínas - proteólise).
Entidade dinamizadora: UNL-FCT-CIBIO-Requimte
Espaço: Lab. Cyrillo Soares / MUHNAC Piso 1

Explorar a saúde na cidade (mostrar mais) Nesta atividade os investigadores mostram de um modo interativo e dinâmico de que forma a ciência impulsiona avanços na área biomédica. Com recurso a modelos animais mostra-se a importância da investigação na criação de conhecimento indispensável para melhorar a nossa saúde e consequentemente a nossa qualidade de vida.
Entidade dinamizadora: UNL-FCM
Espaço: Exp. Reis da Europa Selvagem / MUHNAC Piso 1

Cidades, turismo e Gastronomia – Construir o Futuro (mostrar mais) Exposição de livros e trabalhos de investigação no âmbito do turismo, cultura e gastronomia, relacionados com os temas do património cultural, intergeracionalidade, qualidade de vida nas cidades contemporâneas, saúde e nutrição.
Apresentação do projeto "redução de sal na restauração" com prova de avaliação sensorial de sopas para os participantes. Apresentação do produto “Lu(gu)mimosas" - churro de leguminosas que brilha no escuro e do projeto The Ageless City: Intergenerational Spaces for Culturally Diverse Neighbourhoods in Europe.
Entidade dinamizadora: ESHTE
Espaço: Claustro / MUHNAC Piso 0

Como é que nos tornamos excepcionais? A resposta pode estar escondida neste jogo (mostrar mais) Atividade em que os visitantes poderão jogar o jogo hexxed e terão de resolver puzzles de dificuldade crescente; os cientistas irão recolher dados em tempo real, relacionados com as ações do jogador. No final estes dados serão discutidos e serão exploradas ideias sobre como funciona o processo de tomada de decisão e de aprendizagem durante o jogo.
Entidade dinamizadora: Champalimaud Research - Fundação Champalimaud
Espaço: Sala da Baleia / MUHNAC Piso 0

 

Ciências Sociais e Humanas

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

abc (mostrar mais) abc

v

Atividades e visitas mediante inscrição

Vamos construir uma célula fotovoltaica (mostrar mais) Nesta atividade os participantes irão construir a sua própria célula fotovoltaica (CFV). As células a construir são de um tipo de corante, também denominadas de células de Grätzel. Na atividade irão aprender quais os constituintes fundamentais de uma CFV, qual a função de cada um deles e verificar como podem construir uma CFV utilizando vários materiais do seu dia a dia incluindo diferentes corantes extraídos de produtos naturais, como framboesas, amoras, mirtilos, etc.
Para o público de todas as idades, com principal incidência para jovens que frequentem o 3º ciclo ou o ensino secundário.
Formulário de inscrição

Construção de um detetor de partículas (mostrar mais) Workshop destinado a ilustrar, com as mãos na massa, como podemos construir um detetor de partículas. Idade mínima 10 anos.
Formulário de inscrição 

CTEM CodeLab - Projeto RGB (mostrar mais) Arduíno é uma plataforma de prototipagem eletrónica de hardware livre e de baixo custo que permite criações que apenas a imaginação consegue limitar. Nesta atividade pretende-se usar a robótica e a programação para potenciar o conhecimento científico-tecnológico, estimular a criatividade e experimentação e desenvolver a autonomia. Os participantes desenvolvem a capacidade de elaborar hipóteses na resolução de problemas e desafios; investigar e implementar soluções; estabelecer relações e tirar conclusões.
Para maiores de 14 anos. Cada participante deverá usar o seu portátil.
Formulário de inscrição 

CTEM RoboLab - Robótica educativa com Lego MINDSTORMS® (mostrar mais) Nesta atividade pretende-se usar a robótica, a programação e todo o potencial que destas advém, para facilitar o processo de aprendizagem baseado na observação, prática e trabalho em grupo. A robótica educativa potencia o conhecimento científico-tecnológico, estimula a criatividade e experimentação e desenvolve a autonomia. Os participantes desenvolvem a capacidade de elaborar hipóteses na resolução de problemas e desafios; investigar e implementar soluções; estabelecer relações e tiram conclusões.  Para maiores de 6 anos.
Formulário de inscrição 

Concurso "O melhor fóssil" (mostrar mais) A Ambar lança o concurso “O melhor fóssil” em que podem participar crianças a frequentar o 1.o e 2.o Ciclos do ensino básico do distrito de Braga. Durante a atividade, a equipa ambarscience vai ensinar aos participantes a dinâmica do processo de fossilização e a viverem a experiência de como fazerem fósseis com o kit ambarscience.

Debates, conversas e cafés de ciência

A tecnologia ao serviço da cidade - ES Barcelinhos (mostrar mais) Quatro alunos da escola desenvolveram 3 projetos que promovem o património cultural e natural da cidade de Barcelos e Braga, recorrendo às novas tecnologias, nomeadamente realidade virtual, linguagem C# (C sharp), plataforma Unity para desenvolvimento de jogos, linguagem PHP e sistema de gestão de base de dados MySQL.O projeto "Barcelos e Braga 360o-The Gear Future" permite aos turistas viverem uma experiência, em realidade virtual, nas respetivas cidades, utilizando os óculos VR; o projeto "Flappy Barcelos" é um jogo de plataforma para o sistema operativo Android que divulga o símbolo de Barcelos, o Galo; o "Race World" é um jogo de corridas de carros onde o público é convidado a jogar.
Alunos: Tiago Venâncio, Rafael Sousa, Hugo Lopes e Nuno Araújo
Professor: Rui Baptista

CCC - Ciência Comunicada por Crianças - ALFACOOP | Externato Infante D. Henrique (mostrar mais) Trabalhos de projeto preparados pelos alunos do 5º e 6º anos ao longo deste ano, em pequenos grupos, com o objetivo de os comunicar à comunidade.
Professor: Lília Cunha 

Fora da Casa - ES Maximinos (mostrar mais) Promover e acompanhar, em tempo real e continuamente, o desenvolvimento embrionário de ovos de galinha fora da casca. O desenvolvimento de trabalho científico autónomo pelos alunos como complemento do trabalho experimental implementado nas aulas de Biologia; a tomada de consciência da importância do controlo efetivo das variáveis experimentais a serem consideradas num trabalho científico; a capacitação dos jovens de valores de humanização do trabalho científico, em especial, quando este envolve a manipulação de seres vivos de origem animal.
Alunos: Adão Rocha, Iara Silva, Catarina Costa e Jéssica Cunha
Professor: Ana Paula Cardoso 

O etileno e o amadurecimento da fruta - CLIB (mostrar mais) O objetivo da nossa experiência foi testar se a presença de uma peça de fruta madura, através da libertação de etileno, favorece o amadurecimento de outras frutas. Nesta experiência foram utilizadas bananas, maças e peras. De modo a entender de que forma a proximidade a uma peça de fruta madura contribui para o amadurecimento de outras frutas, frutas verdes foram agrupadas com bananas maduras. Os nossos resultados, mostraram que a presença de fruta madura contribui para o amadurecimento das outras frutas.
Alunos: Inês Mendes e Daniel Cerqueira
Professor: Sérgio Miranda 

A pressão arterial varia com a idade e o género?  - CLIB (mostrar mais) Neste projeto foi estudado o sistema circulatório e foi analisado de que forma a pressão arterial (PA) varia com a idade e o género. Para isso, a PA foi medida em alunos e adultos de todas as idades da nossa escola. Os resultados do batimento cardíaco, pressão sistólica e diastólica foram analisados em função dos dois parâmetros já referidos (idade e género). Não foi encontrada nenhuma diferença estatisticamente significativa em nenhum dos grupos, apesar de se detetar um aparente decréscimo do batimento cardíaco em função da idade.
Alunos: Joana Coimbra e Margarida Botelho
Professor: Sérgio Miranda 

Grafeno: um material para o futuro? - CLIB (mostrar mais) O grafeno tem qualidades extraordinárias devido à sua estrutura única e às suas propriedades elétricas. É um material novo, que na última década tem atraído a atenção da comunidade científica, dadas as suas características e potenciais aplicações em variadíssimos campos. No entanto, a produção em grande escala deste produto continua a ser um desafio. Neste projeto, mostramos como o grafeno poderá ser extraído através de métodos de exfoliação da grafite, tal como a exfoliação de fase líquida que, dado o seu baixo custo, apresenta um potencial de crescimento significativo. No decorrer deste processo, fizemos um levantamento aprofundado de todas as características mecânicas, térmicas e elétricas deste material, nomeadamente numa perspetiva nanométrica, o que permite uma maior compreensão da sua aplicabilidade futura.
Alunos: Carlos Netto e Aparício Cardoso
Professor: Sérgio Miranda 

Por que é que as folhas mudam de cor? -  CLIB (mostrar mais) As plantas verdes, entre outros organismos, produzem glucose pelo processo de fotossíntese, através do uso de dióxido de carbono, água, luz e clorofila. Devido à diminuição da intensidade da luz durante o Inverno, as plantas de folha caduca param este processo. Deste modo, a diminuição dos níveis de clorofila permite que outros pigmentos das folhas anteriormente mascarados por ela possam ser detetados. Este projeto pretende identificar os pigmentos presentes nas folhas de diferentes cores. Para tal, os pigmentos foram extraídos e identificados por cromatografia.
Alunos: Nicole Gaspar e Leonor Silva
Professor: Sérgio Miranda 

Ecologia de bosque de folha caduca - AE Sá de Miranda (mostrar mais) Os alunos foram desafiados a observar a folhagem da copa de árvores e arbustos, a verificar se a luminosidade incidente nas folhas teria a mesma intensidade em qualquer região da sua copa e a investigar possíveis alterações morfológicas (comprimento dos pecíolos, área do limbo e espessura do limbo) e variações na concentração de pigmentos fotossintéticos (clorofila a, clorofila b e carotenoides) nas folhas de sol e de sombra.
Alunos: alunos das turmas do 10º1, 10º2, 10º3, 10º4 e 10º5 do curso de ciências e tecnologias, com Biologia e Geologia.
Professores: Maria Adelaide Sousa; António Amorim e Augusto Sérgio Leite.