21 Set, Braga

Compostagem Doméstica

21 set | 09h30-12h30

Atividade organizada em parceria com o Projeto Res2ValHum e a BRAVAL.

A compostagem doméstica baseia-se na utilização de desperdícios alimentares e verdes. Permite reduzir a quantidade de resíduos enviados para aterro e criar valor a partir de resíduos transformando-os num corretivo agrícola orgânico.  Assim, a compostagem é um dos melhores exemplos de participação coletiva para um bem comum e de economia circular, permitindo reutilizar, preservar, valorizar e assegurar recursos essenciais para o nosso futuro.

Na primeira parte deste workshop, a cargo da Engª Susana Domingues (Braval), o processo de compostagem e os cuidados a ter no processo serão discutidos. Será apresentada uma breve referência à legislação em vigor sobre fertilizantes naturais, corretivos e adubos. A segunda parte do Workshop irá decorrer no espaço das hortas comunitárias da Universidade do Minho, onde se encontra um compostor em funcionamento e algumas culturas obtidas com e sem composto. Será ainda demonstrado como construir um compostor a partir de materiais simples.

Local: Escola de Ciências da UMinho, Campus de Gualtar, Braga

Horário: 09h30-12h30

Número máximo de participantes: 20.

Atividade destinada a maiores de 10 anos.

Inscrições até 15 de setembro através deste formulário

20 Set, Braga

Não à água 'por água abaixo' !...

20 set | 09h15-13h30

Atividade organizada em parceria com a Águas do Norte.

O tratamento das águas residuais é fundamental à sua preservação e ao controlo da sua crescente escassez. Além disso, as previsões da diminuição de recursos hídricos em muitas regiões do globo exigem uma mudança de paradigma em relação às águas residuais. É fundamental consciencializar as pessoas que as águas residuais têm de deixar de ser vistas como resíduos (lixo), para passarem a ser vistas como um recurso, constituindo um fator chave no conceito de economia circular.

Nesta atividade, com o intuito de consciencializar o público para a importância do tratamento de águas residuais, serão visitados dois diferentes sistemas de tratamento: uma FitoETAR (localizada em Parada do Bouro, Vieira do Minho), e uma ETAR que funciona pelo sistema de lamas ativadas. Será explicado o papel fundamental dos microrganismos (bactérias e não só!) na degradação da matéria orgânica presente na “água de esgoto”, que trabalham sobretudo nos bioreatores – os leitos de plantas das FitoETAR e o tanque de arejamento das ETAR por lamas ativadas.

Horário: 09h15-13h30

Saída da UMinho/Braga às 9h15, com chegada prevista a Parada do Bouro/Vieira do Minho às 10h00. Regresso previsto para as 13h30. Transporte assegurado.

Número máximo de participantes: 30.

Atividade destinada ao público em geral.

Recomenda-se roupa e calçado confortável para caminhar em piso irregular, chapéu, água e lanche para o meio da manhã.

Inscrições até 15 de setembro através deste formulário.

14 set, Braga

Visita guiada “Doce viagem – do apiário à melaria”

14 set | 08h15-13h30

Atividade organizada em parceria com a Scientia.com.pt e a Casa do Couto.

Sabia que uma abelha dura em média cerca de 40 dias? E que uma rainha tem uma esperança média de vida de 2 a 3 anos?

Venha conhecer as abelhas e os vários produtos da colmeia - pelo trilho pedonal desfrute da deslumbrante beleza das paisagens naturais das vertentes transmontanas do Parque Nacional da Peneda Gerês.

 

Inscrições até 8 de setembro  através deste formulário

Número máximo de participantes: 20.

Idade mínima de participação: 15 anos.

Ponto de Encontro: Saída da UMinho/Gualtar/Braga às 08h15, em autocarro, com destino a Paradela/Montalegre.

Horário: 08h15-13h30

Recomenda-se roupa e calçado confortável, chapéu, água e lanche para o meio da manhã.

 

6, 13 e 20 set, Braga

"Pint of Science" Especial Noite Europeia dos Investigadores

6, 13 e 20 set | 21h00

 

O festival “Pint of Science” associa-se à Noite Europeia dos Investigadores, com uma edição especial que ocorrerá em Braga nos dias 6, 13 e 20 de setembro, pelas 21h30, nos bares “Barhaus”, “Setra” e “Letraria”, respetivamente.

O dia 6 é dedicado à origem da genética portuguesa e a viagens pelo mundo da geodiversidade, com os investigadores Pedro Soares (Centro de Biologia Molecular e Ambiental) e Paulo Pereira (Instituto de Ciências da Terra).

No dia 13, os temas incidem sobre as baterias amigas do ambiente e como valorizar a urina humana, com Maria Manuela Silva (Centro de Química) e Sónia Barbosa (Centro de Engenharia Biológica).

Já no dia 20, fala-se sobre o contributo da estatística para uma vida mais longa e os desafios da ciência e tecnologia alimentar, com as apresentações de Pedro Afonso (Centro de Biologia Molecular e Ambiental) e Ricardo Pereira (Centro de Engenharia Biológica).

Entrada livre.

Mais informações em http://bit.ly/nei2019braga

21 Ago, Lisboa
Um Recife Lisboeta com 22 milhões de anos!
21 ago | 16h30-18h30
Já ouviu falar em briozoários? Sabia que há 22 milhões de anos existiam recifes em Lisboa? Venha encontrar-se connosco no Geomonumento da Rua Sampaio Bruno. Em conjunto, vamos viajar a um passado tropical de Lisboa e descobrir que nem só de corais são feitos os recifes.
Ponto de encontro: Rua Sampaio Bruno, junto ao nº 15, frente ao cruzamento com a Rua Coelho da Rocha, Campo de Ourique, Lisboa.
Atividade gratuita mediante inscrição (máx. 20 pessoas/por sessão).
Informações e Inscrições:
27 jul, Lisboa

Brunch Criativo - Quiosque do Conhecimento

27 jul | 9h30 às 12h30

 

Já alguma vez pensou como seria bom ter com quem falar quando tem dúvidas sobre as últimas descobertas científicas? Gostaria de saber a opinião de um cientista sobre uma conversa que teve com um amigo, um vizinho ou o seu médico? Ou, de uma forma geral, estaria interessado em poder estabelecer um diálogo contínuo com os cientistas? Então esta iniciativa é para si!

Você contribui com as suas ideias e nós oferecemos o brunch!

Venha ajudar-nos a dar os primeiros passos para a criação de um sistema de diálogo original e eficaz entre cidadãos e cientistas: um Quiosque do Conhecimento!

Esta atividade destina-se unicamente a não cientistas.

 

INSCRIÇÕES

Inscreva-se através deste formulário

Número máx. de inscritos: 25

Local: Museu Nacional de História Natural e da Ciência, Universidade de Lisboa

15 jul-8 set, Braga

Concurso de Fotografia "Ciência na Cidade"

De 15 de julho a 8 de setembro de 2019

Concurso promovido no âmbito da Noite Europeia dos Investigadores 2019, com o objetivo de desafiar o público em geral a captar a presença da Ciência nas nossas cidades.

Regulamento

Formulário de inscrição

Declaração de cedência de direitos de exibição

 

8 jun, Lisboa

Workshop | Edifício Solar XXI: um exemplo de integração e de eficiência energética no seio da cidade

8 jun | 10h00-12h00

 

Atividade gratuita

Esta oficina convida o visitante a olhar para a questão da eficiência energética e do aproveitamento de energias renováveis no património edificado, através da visita a um edifício público de configuração NZEB, o Edifício Solar XXI (2005) sede do Laboratório de Energia do LNEG, como exemplo de  construção energeticamente eficiente com poucas necessidades para aquecimento e arrefecimento e que se encontra permanentemente monitorizado em relação ao conforto e utilidade que proporciona.

O convite é extensivo a outros edifícios no Campus do Lumiar, com mais exemplos de integração de energias renováveis com soluções tecnologicamente inovadoras resultantes de investigação para a sustentabilidade, que destacam a relevância da ciência para assegurar a qualidade de vida nas cidades do futuro.​

 

Ponto de Encontro: LNEG - Campus Lumiar, Ed. Solar XXI, Estr. Paço do Lumiar 22, Lisboa​

Número máximo de participantes: min. 10 | máx. 30

Inscrição: geral@museus.ulisboa.pt (Idade mínima de participação: 10 anos)

1 jun, Lisboa

Do que é feito o mundo? - FESTA NO MUSEU

1 jun | 11h00 às 18h00

Entrada gratuita

 

Porque o mundo pula e avança com a ajuda da Ciência, o Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa junta-se às Festas de Lisboa com uma Feira de Ciência dedicada em particular às crianças, neste dia especial. Experiências divertidas, conversas com cientistas, atividades no jardim, percursos temáticos, jogos e atrações científicas, muito, muito animadas, das 11h às 18h no acesso ao Jardim Botânico de Lisboa.

PROGRAMA DE ATIVIDADES AQUI

Entrada na Feira e participação nas atividades – gratuito
Atividades Educativas – gratuitas, mediante inscrição

Mais informações e inscrições:
geral@museus.ulisboa.pt | 213 921 808

18 mai, Lisboa

Visita orientada à exposição "Plantas e Povos"

18 mai | 19h às 20h

No âmbito do Dia Internacional dos Museus e do Dia do Fascínio das Plantas, será possível participar numa visita orientada à exposição “Plantas e Povos” no Museu Nacional de História Natural e da Ciência, da Universidade de Lisboa. Uma exposição onde pode ficar a conhecer de que forma o ser humano tem utilizado as plantas ao longo da história e para as mais diversas finalidades, com base em centenas de objetos de coleções históricas e científicas.

Atividade gratuita mediante inscrição

Informações e inscrições | geral@museus.ulisboa.pt | 213 921 808

Esta atividade insere-se num conjunto de atividades que decorre na NOITE NO MUSEU (Entrada livre no piso 0 do Museu das 18h às 22h)

18 mai, Évora

Arte, Arquitetura e Património
18 mai, 10h00 às 18h00

Atividade gratuita

18 de maio é o Dia Internacional dos Museus. Data celebrada anualmente pelo ICOM (Conselho Internacional de Museus), em 2019 propõe a seguinte reflexão “Os Museus como plataformas culturais: o futuro da tradição”, ou seja, os papéis que os museus desempenham como atores ativos na sociedade.
Nesse âmbito, uma parceria entre a Universidade de Évora e o Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo traz a programação “Conversas sobre Arte, Arquitetura e Património”: uma série de comunicações e atividades livres e abertas ao público, durante todo o sábado.
Com destaque para a possibilidade de conhecermos objetos e obras do acervo do Museu que geralmente não estão em exposição e dialogar com especialistas de diferentes áreas, esta programação pretende ser um espaço de divulgação dos trabalhos desenvolvidos na Escola de Artes da Universidade de Évora, bem como dar a conhecer parte do que é feito nos bastidores do Museu.
Além disso, contaremos com a apresentação de uma obra inédita: uma predela do pintor eborense quinhentista Francisco João, apresentada por sua restauradora e estudiosa do artista Helena Melo. Consideramos que somente a partir da vivência e do reconhecimento dos patrimónios eborenses que nossas tradições terão espaço no futuro.
Esta iniciativa integra um conjunto de atividades preparatórias, que culminarão na realização da Noite Europeia dos Investigadores, em 27 de Setembro de 2019, na Praça do Giraldo (Évora). Tais ações estão inseridas no projeto “Ciência na Cidade”, financiado pela Comissão Europeia, no âmbito das Ações Marie Curie. O projeto resulta de um consórcio entre a Universidade de Évora, a Universidade do Minho, Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, o Instituto Universitário de Lisboa, a Escola Superior de Turismo e Hotelaria do Estoril, a Câmara Municipal de Lisboa e a Universidade de Lisboa sob coordenação do Museu Nacional de História Natural e da Ciência. Em Évora, além da Universidade também contamos com os apoios da Câmara Municipal de Évora e da Direção Regional de Cultura do Alentejo.

Conheça o Programa completo

16 mai, Lisboa

BioBlitz ISCTE 

16 de maio | 9h00

 

Um BioBlitz é uma atividade que procura medir a  biodiversidade de um local, pela contagem das espécies existentes!

Esta atividade de ciência cidadã tem um propósito científico útil,  mas é também um momento lúdico  e de aprendizagem para os participantes.

 

Programa

09h00-10h30 | Aves

10h30-12h00 | Plantas

14h00-15h30 | Insetos

15h30-17h00 | Líquenes

 

Informações úteis:

Para esta atividade será usada uma aplicação própria para o evento e será feito um percurso pedonal.

Deverá trazer:

-Telemóvel, com bateria carregada;

-Roupa e calçado confortável;

-Binóculos para observação de aves.

 

Percurso | Campus da Cidade Universitária

Inscrição obrigatória aqui

 

A BioBlitz is an activity that seeks to measure the biodiversity of a certain place, by counting the existing species!

This citizen science activity has a useful scientific purpose, but it is also a leisure and learning moment for the participants.

 

Program

09.00 a.m. | group Birds

10.30 a.m. | group Plants

02.00 p.m. | group Insects

03.30 p.m. | group Lichens

 

Useful information

A specific application will be used for the event, and a pedestrian path will be followed.

You should bring:

-Cellphone, fully charged;

-Comfortable clothing and footwear;

-Binoculars for bird watching.

 

Route

Campus Cidade Universitária, Lisbon

 

Ver programa completo

14 mai, Estoril

As alterações climáticas relacionam-se com diversos comportamentos do ser humano, sendo um dos que tem mais impacto a alimentação, o que significa que as escolhas alimentares podem determinar o futuro do nosso planeta.

Apesar de há muitos anos se advogar uma alimentação saudável, com aumento do consumo de hortícolas, leguminosas e cereais de boa qualidade, e a consequente diminuição do consumo de carne, os desequilíbrios alimentares mantêm-se com consequências graves para a saúde dos indivíduos, em particular dos mais novos.

Hoje, com a sustentabilidade na ordem do dia, torna-se mais fácil advogar pela alteração dos hábitos alimentares, pois uma alimentação sustentável é uma alimentação saudável, que implica mudança nas nossas práticas diárias, no tipo de alimentos que consumimos e na forma como os consumimos.

Neste workshop iremos apresentar ideias e soluções práticas, fáceis, acessíveis para o dia a dia de todas as famílias que nos ajudarão a cuidar da nossa saúde e do planeta.

 

Local | Anfiteatro de cozinha da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril

20 participantes/máx.

Atividade gratuita mediante inscrição

Inscrições | geral@museus.ulisboa.pt | 213 921 808

4 mai, Lisboa

Workshop | Olhó Peixe Fresquinho

4 mai, 10h00

Acha que conhece o peixe que consome? Sabe quais são as espécies comercialmente mais importantes em Portugal? E como serão capturadas? Existirão épocas preferenciais para o seu consumo?

Traga a família e participe na atividade preparatória da Noite Europeia dos Investigadores (27 set.). Venha adquirir novos conhecimentos e pôr os seus à prova numa visita ao Mercado Municipal de Alvalade Norte. No final ainda poderá ir de cesta cheia e preparar um belo jantar de peixe fresco, sugerido e amanhado pelas peixeiras de serviço.

Atividade gratuita mediante inscrição
geral@museus.ulisboa.pt | 213 921 808

Parceiro organizador do evento | MARE - Centro de Ciências do Mar e do Ambiente

24 abr, Lisboa

Demonstrações e Desafios | À Descoberta da Tabela Periódica

24 abril, 10h00-18h00

Entrada gratuita

Local | Sala Ágora, FCT NOVA

 

2019 é o Ano Internacional da Tabela Periódica dos Elementos Químicos. Esta resolução das Nações Unidas e da UNESCO celebra a criação de uma das ferramentas mais importantes que intervém em todas as áreas de conhecimento científico. A Noite Europeia dos Investigadores associa-se “À Descoberta da Tabela Periódica”, demonstrações hands on para todas as idades.

Activities

1 - A luminescência dos elementos

À descoberta da luminescência dos elementos, das terras raras aos calcogénios, passando pelo Urânio e pelos gases nobres.

2- O circuito electrónico em papel

Zinco, o 24º elemento mais abundante na terra! Sensores de ultravioleta usando óxido de zinco.

3- Mostradores em papel

Aplicação do carbono na electrónica devido à sua condutividade e flexibilidade.

4- Energia e movimento humano

Novas tecnologias inteligentes para atingir um ambiente mais limpo.

5 – Faz do silício a tua fonte de energia solar

Com silício podemos fabricar células solares que captam a energia solar e a convertem em eletricidade.

6 – O espetro da luz emitida por H, He, O e Ne

Nesta experiência observam-se transições electrónicas de átomos excitados de H, He, O e Ne.

7 - Decaimento radioativo de elementos transuranianos

Os elementos transuranianos plutónio (239Pu), amerício (241Am) e cúrio (244Cm) são radioativos e desintegram-se em elementos mais estáveis.

8 - Energia e hidrogénio

Um veículo movido a hidrogénio, como energia alternativa. Do tubo de escape só sai água!.

9 - A Tabela Periódica da NOVA!

Uma Tabela Periódica feita na FCT-NOVA, um patchwork único e divertido!

10 – À descoberta do grupo do carbono

Os elementos do grupo do carbono: aplicações na sociedade e onde estão presentes!

11 - Cronologia dos elementos

Projeção de vídeo com a cronologia da descoberta dos elementos ao longo da história da humanidade.

12 - Tabela Periódica mineralógica

Grande parte dos elementos químicos que usamos diariamente são extraídos de minerais.

 

Organização| FCT NOVA

Apoios| Centros de Investigação: LAQV-REQUIMTE, UCIBIO-REQUIMTE, VICARTE, CENIMAT, CEFITEC, LibPHYS, GeoBioTec

11 abr, Évora

Patrimónios de Évora

11 abril, 14h00

No âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios da UNESCO - 18 de abril -  o parceiro da Noite Europeia dos Investigadores, Universidade de Évora, realiza no dia 11 de abril, entre as 14h00 e as 18h00, no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo uma série de atividades de comemoração do património da cidade de Évora.

Conheça o programa completo

 

 

Local: 

Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo

Largo do Conde de Vila Flor
7000-804 Évora, Portugal

 

Mais informações:

Scicity@uevora.pt

11 abr, Lisboa

Para onde vai o lixo que eu separo?

11 de abril, 10h30

Alguma vez se perguntou para onde vai o lixo que coloca no ecoponto? Vidro, papel, cartão, plástico e metal colocados nos ecopontos ou recolhidos porta-a-porta em 19 municípios da Grande Lisboa e da Região Oeste são encaminhados para dois Centros de Triagem da Valorsul. Aí são separados e encaminhados para a indústria da reciclagem, que produzirá novos materiais. Ao longo desta visita terá a oportunidade de conhecer o Centro de Triagem e Ecocentro do Lumiar e de compreender como decorre este importante processo de triagem de resíduos.

Ponto de Encontro: Centro de Triagem e Ecocentro do Lumiar, Estr. Militar, 1600-516 Lumiar - Lisboa

Número máximo de participantes: min. 10 | máx. 30

Inscrição: geral@museus.ulisboa.pt | 213 921 808

Idade mínima de participação: 10 anos

Atividade gratuita

Inscrições até ao dia 09 de abril de 2019

29 mar, Évora

Conversa | Ciência no feminino: desafios e vivências
29 março 2019, 19h00

Em 2017, a OCDE publicou o relatório sobre questões de género que revelou um dado interessante: 57% das portuguesas optam pela formação nas áreas das ciências, engenharia e matemática. Ao contrário da maioria dos outros países membros, em que as carreiras científicas são essencialmente masculinas, Portugal dá um exemplo de paridade. Além disso, 77% dos títulos de doutoramento no nosso país também são obtidos por mulheres. No entanto, há muito a fazer: mais da metade dos investigadores contratados em Portugal são homens (55%). Entre os anos de 2008 a 2012, houve um aumento no número de mulheres contratadas como investigadoras, mas elas ainda são menos representadas nas universidades, estando na sua maioria empregadas na função pública.

Para conhecermos um pouco mais sobre os percursos profissionais das mulheres cientistas, os desafios enfrentados em seu quotidiano e as ações que vêm sendo desenvolvidas pela Administração Pública, convidamos toda a comunidade a participar numa conversa que se realizará no dia 29 de março de 2019, pelas 17 horas, na Biblioteca Pública de Évora, organizada pelo IHC – CEHFCi – UÉvora e CICS.NOVA.UÉvora da Universidade de Évora.

Este encontro integra um conjunto de atividades preparatórias e a realização de um grande evento de divulgação científica para a população eborense, a Noite Europeia dos Investigadores no dia 27 de setembro de 2019, inseridas no projeto Science in the city financiado pela Comissão Europeia, no âmbito das Ações Marie Curie. O projeto resulta de um consórcio entre a Universidade de Évora, a Universidade do Minho,  Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, o Instituto Universitário de Lisboa, a Escola Superior de Turismo e Hotelaria do Estoril, a Câmara Municipal de Lisboa e a Universidade de Lisboa sob coordenação do Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

Organizador: IHC – CEHFCi – UÉvora e CICS.NOVA.UÉvora da Universidade de Évora

Local: Biblioteca Pública de Évora

Feb. 21st, Lisbon

Conference | Biology and cancer: are we closer to finding the cure?
21 fevereiro 2019, 17h30

60 Minutos de Ciência

A biologia tumoral condiciona vários desafios aos clínicos que se dedicam ao tratamento do cancro. Caracterizado por ser um espetro extremamente heterogéneo de entidades, com uma complexidade ainda não inteiramente compreendida, o cancro tem uma  capacidade de adaptação Darwiniana à pressão seletiva exercida pelas diversas terapêuticas empregues. Adicionalmente, o cancro consegue ainda subverter os mecanismos do sistema imunitário tornando-se indetetável através de mecanismos de escape imunológico.

A disponibilidade sem precedentes de uma quantidade de informação massiva, providenciou uma janela de oportunidade magnífica para o desenvolvimento de novas terapêuticas. Existem neste momento mais fármacos em desenvolvimento para a terapêutica do cancro do que para qualquer outra patologia, correspondendo a um quarto dos ensaios clínicos em curso. Isto trouxe-nos duas novas ondas de fármacos, para além da clássica quimioterapia. Por um lado as terapêuticas dirigidas a alterações moleculares específicas e, por outro, a imunoterapia, que tem como objetivo explorar o potencial do sistema imunitário para a destruição das células tumorais, sendo capaz de ser ativa num largo espetro de patologias e de conseguir respostas sustentadas.

Neste momento, com recurso a estes meios, vislumbra-se numa parte não desprezível de doentes com doença avançada, a eradicação da doença de forma sustentada, colocando no horizonte a possibilidade de tornar o cancro uma doença crónica.

 

About the speaker

André Mansinho, Oncologia Médica
Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte - Hospital de Santa Maria
Instituto de Medicina Molecular - João Lobo Antunes

Oncologista Médico no Hospital de Santa Maria, Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte. Fellowship na unidade de ensaios clínicos de fase I no START Madrid. Investigador em vários ensaios de fase 1-3 e colaborador na investigação translacional no Instituto de Medicina Molecular - João Lobo Antunes. Professor convidado de Oncobiologia para estudantes de Medicina na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FM-ULisboa). Autor de vários capítulos de livro e artigos originais. Áreas de interesse: cancro genitourinário, melanoma, cancro colorectal, metástases ósseas, ensaios clínicos de fase precoce.

4ª Edição do Ciclo de conversas "60 Minutos de Ciência"

Num formato informal e descontraído, 60 minutos de Ciência pretende ser um fórum de discussão entre especialistas e cidadãos sobre temas atuais de Ciência. Com a duração de uma hora, as suas sessões decorrem nas terceiras quintas-feiras do mês, pelas 17h30, com lugar no MUHNAC-ULisboa e no Edifício Caleidoscópio, no Jardim do Campo Grande em meses alternados.
Este ciclo é uma iniciativa do Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa (MUHNAC-ULisboa), do Comité UNESCO Matemática do Planeta Terra (MPT-UNESCO) e da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FC - ULisboa).

Feb. 2nd, Lisbon

Hands-on activity | Guess the Periodic Table
2 February 2019, 15h00

FREE ENTRY UPON MANDATORY REGISTRATION

O meu símbolo não é F
Embora possa parecer
O isqueiro é meu concorrente
Para ajudar a acender.
Quem sou eu?

Do you enjoy a good riddle? What about chemistry? Take the challenge and test your knowledge about the elements of the Periodic Table and its features.

With this iniciative promoted within the scope of the European Researchers' Night, MUHAC will join the celebrations of the International Year of the Periodic Table - 2019, proclaimed by the United Nations.

Registrations: geral@museus.ulisboa.pt | +351 213921808

Organisation | MUHNAC-Ulisboa
Place | Reserva visitável, MUHNAC-ULisboa

Compostagem Doméstica

21 set | 09h30-12h30

Atividade organizada em parceria com o Projeto Res2ValHum e a BRAVAL.

A compostagem doméstica baseia-se na utilização de desperdícios alimentares e verdes. Permite reduzir a quantidade de resíduos enviados para aterro e criar valor a partir de resíduos transformando-os num corretivo agrícola orgânico.  Assim, a compostagem é um dos melhores exemplos de participação coletiva para um bem comum e de economia circular, permitindo reutilizar, preservar, valorizar e assegurar recursos essenciais para o nosso futuro.

Na primeira parte deste workshop, a cargo da Engª Susana Domingues (Braval), o processo de compostagem e os cuidados a ter no processo serão discutidos. Será apresentada uma breve referência à legislação em vigor sobre fertilizantes naturais, corretivos e adubos. A segunda parte do Workshop irá decorrer no espaço das hortas comunitárias da Universidade do Minho, onde se encontra um compostor em funcionamento e algumas culturas obtidas com e sem composto. Será ainda demonstrado como construir um compostor a partir de materiais simples.

Local: Escola de Ciências da UMinho, Campus de Gualtar, Braga

Horário: 09h30-12h30

Número máximo de participantes: 20.

Atividade destinada a maiores de 10 anos.

Inscrições até 15 de setembro através deste formulário

Não à água 'por água abaixo' !...

20 set | 09h15-13h30

Atividade organizada em parceria com a Águas do Norte.

O tratamento das águas residuais é fundamental à sua preservação e ao controlo da sua crescente escassez. Além disso, as previsões da diminuição de recursos hídricos em muitas regiões do globo exigem uma mudança de paradigma em relação às águas residuais. É fundamental consciencializar as pessoas que as águas residuais têm de deixar de ser vistas como resíduos (lixo), para passarem a ser vistas como um recurso, constituindo um fator chave no conceito de economia circular.

Nesta atividade, com o intuito de consciencializar o público para a importância do tratamento de águas residuais, serão visitados dois diferentes sistemas de tratamento: uma FitoETAR (localizada em Parada do Bouro, Vieira do Minho), e uma ETAR que funciona pelo sistema de lamas ativadas. Será explicado o papel fundamental dos microrganismos (bactérias e não só!) na degradação da matéria orgânica presente na “água de esgoto”, que trabalham sobretudo nos bioreatores – os leitos de plantas das FitoETAR e o tanque de arejamento das ETAR por lamas ativadas.

Horário: 09h15-13h30

Saída da UMinho/Braga às 9h15, com chegada prevista a Parada do Bouro/Vieira do Minho às 10h00. Regresso previsto para as 13h30. Transporte assegurado.

Número máximo de participantes: 30.

Atividade destinada ao público em geral.

Recomenda-se roupa e calçado confortável para caminhar em piso irregular, chapéu, água e lanche para o meio da manhã.

Inscrições até 15 de setembro através deste formulário.

Visita guiada “Doce viagem – do apiário à melaria”

14 set | 08h15-13h30

Atividade organizada em parceria com a Scientia.com.pt e a Casa do Couto.

Sabia que uma abelha dura em média cerca de 40 dias? E que uma rainha tem uma esperança média de vida de 2 a 3 anos?

Venha conhecer as abelhas e os vários produtos da colmeia - pelo trilho pedonal desfrute da deslumbrante beleza das paisagens naturais das vertentes transmontanas do Parque Nacional da Peneda Gerês.

 

Inscrições até 8 de setembro  através deste formulário

Número máximo de participantes: 20.

Idade mínima de participação: 15 anos.

Ponto de Encontro: Saída da UMinho/Gualtar/Braga às 08h15, em autocarro, com destino a Paradela/Montalegre.

Horário: 08h15-13h30

Recomenda-se roupa e calçado confortável, chapéu, água e lanche para o meio da manhã.

"Pint of Science" Especial Noite Europeia dos Investigadores

6, 13 e 20 set | 21h00

 

O festival “Pint of Science” associa-se à Noite Europeia dos Investigadores, com uma edição especial que ocorrerá em Braga nos dias 6, 13 e 20 de setembro, pelas 21h30, nos bares “Barhaus”, “Setra” e “Letraria”, respetivamente.

O dia 6 é dedicado à origem da genética portuguesa e a viagens pelo mundo da geodiversidade, com os investigadores Pedro Soares (Centro de Biologia Molecular e Ambiental) e Paulo Pereira (Instituto de Ciências da Terra).

No dia 13, os temas incidem sobre as baterias amigas do ambiente e como valorizar a urina humana, com Maria Manuela Silva (Centro de Química) e Sónia Barbosa (Centro de Engenharia Biológica).

Já no dia 20, fala-se sobre o contributo da estatística para uma vida mais longa e os desafios da ciência e tecnologia alimentar, com as apresentações de Pedro Afonso (Centro de Biologia Molecular e Ambiental) e Ricardo Pereira (Centro de Engenharia Biológica).

Entrada livre.

Mais informações em http://bit.ly/nei2019braga

Um Recife Lisboeta com 22 milhões de anos!
21 ago | 16h30-18h30
Já ouviu falar em briozoários? Sabia que há 22 milhões de anos existiam recifes em Lisboa? Venha encontrar-se connosco no Geomonumento da Rua Sampaio Bruno. Em conjunto, vamos viajar a um passado tropical de Lisboa e descobrir que nem só de corais são feitos os recifes.
Ponto de encontro: Rua Sampaio Bruno, junto ao nº 15, frente ao cruzamento com a Rua Coelho da Rocha, Campo de Ourique, Lisboa.
Atividade gratuita mediante inscrição (máx. 20 pessoas/por sessão).
Informações e Inscrições:

Do que é feito o mundo? - FESTA NO MUSEU

1 jun | 11h00 às 18h00

Entrada gratuita

 

Porque o mundo pula e avança com a ajuda da Ciência, o Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa junta-se às Festas de Lisboa com uma Feira de Ciência dedicada em particular às crianças, neste dia especial. Experiências divertidas, conversas com cientistas, atividades no jardim, percursos temáticos, jogos e atrações científicas, muito, muito animadas, das 11h às 18h no acesso ao Jardim Botânico de Lisboa.

PROGRAMA DE ATIVIDADES AQUI

Entrada na Feira e participação nas atividades – gratuito
Atividades Educativas – gratuitas, mediante inscrição

Mais informações e inscrições:
geral@museus.ulisboa.pt | 213 921 808

Brunch Criativo - Quiosque do Conhecimento

27 jul | 9h30 às 12h30

 

Já alguma vez pensou como seria bom ter com quem falar quando tem dúvidas sobre as últimas descobertas científicas? Gostaria de saber a opinião de um cientista sobre uma conversa que teve com um amigo, um vizinho ou o seu médico? Ou, de uma forma geral, estaria interessado em poder estabelecer um diálogo contínuo com os cientistas? Então esta iniciativa é para si!

Você contribui com as suas ideias e nós oferecemos o brunch!

Venha ajudar-nos a dar os primeiros passos para a criação de um sistema de diálogo original e eficaz entre cidadãos e cientistas: um Quiosque do Conhecimento!

Esta atividade destina-se unicamente a não cientistas.

 

INSCRIÇÕES

Inscreva-se através deste formulário

Número máx. de inscritos: 25

Local: Museu Nacional de História Natural e da Ciência, Universidade de Lisboa

Concurso de Fotografia "Ciência na Cidade"

De 15 de julho a 8 de setembro de 2019

Concurso promovido no âmbito da Noite Europeia dos Investigadores 2019, com o objetivo de desafiar o público em geral a captar a presença da Ciência nas nossas cidades.

Regulamento

Formulário de inscrição

Declaração de cedência de direitos de exibição

Workshop | Edifício Solar XXI: um exemplo de integração e de eficiência energética no seio da cidade

8 jun | 10h00-12h00

 

Atividade gratuita

Esta oficina convida o visitante a olhar para a questão da eficiência energética e do aproveitamento de energias renováveis no património edificado, através da visita a um edifício público de configuração NZEB, o Edifício Solar XXI (2005) sede do Laboratório de Energia do LNEG, como exemplo de  construção energeticamente eficiente com poucas necessidades para aquecimento e arrefecimento e que se encontra permanentemente monitorizado em relação ao conforto e utilidade que proporciona.

O convite é extensivo a outros edifícios no Campus do Lumiar, com mais exemplos de integração de energias renováveis com soluções tecnologicamente inovadoras resultantes de investigação para a sustentabilidade, que destacam a relevância da ciência para assegurar a qualidade de vida nas cidades do futuro.​

 

Ponto de Encontro: LNEG - Campus Lumiar, Ed. Solar XXI, Estr. Paço do Lumiar 22, Lisboa​

Número máximo de participantes: min. 10 | máx. 30

Inscrição: geral@museus.ulisboa.pt (Idade mínima de participação: 10 anos)

Visita orientada à exposição "Plantas e Povos"

18 mai | 19h às 20h

No âmbito do Dia Internacional dos Museus e do Dia do Fascínio das Plantas, será possível participar numa visita orientada à exposição “Plantas e Povos” no Museu Nacional de História Natural e da Ciência, da Universidade de Lisboa. Uma exposição onde pode ficar a conhecer de que forma o ser humano tem utilizado as plantas ao longo da história e para as mais diversas finalidades, com base em centenas de objetos de coleções históricas e científicas.

Atividade gratuita mediante inscrição

Informações e inscrições | geral@museus.ulisboa.pt | 213 921 808

Esta atividade insere-se num conjunto de atividades que decorre na NOITE NO MUSEU (Entrada livre no piso 0 do Museu das 18h às 22h)

Arte, Arquitetura e Património
18 mai, 10h00 às 18h00

Atividade gratuita

18 de maio é o Dia Internacional dos Museus. Data celebrada anualmente pelo ICOM (Conselho Internacional de Museus), em 2019 propõe a seguinte reflexão “Os Museus como plataformas culturais: o futuro da tradição”, ou seja, os papéis que os museus desempenham como atores ativos na sociedade.
Nesse âmbito, uma parceria entre a Universidade de Évora e o Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo traz a programação “Conversas sobre Arte, Arquitetura e Património”: uma série de comunicações e atividades livres e abertas ao público, durante todo o sábado.
Com destaque para a possibilidade de conhecermos objetos e obras do acervo do Museu que geralmente não estão em exposição e dialogar com especialistas de diferentes áreas, esta programação pretende ser um espaço de divulgação dos trabalhos desenvolvidos na Escola de Artes da Universidade de Évora, bem como dar a conhecer parte do que é feito nos bastidores do Museu.
Além disso, contaremos com a apresentação de uma obra inédita: uma predela do pintor eborense quinhentista Francisco João, apresentada por sua restauradora e estudiosa do artista Helena Melo. Consideramos que somente a partir da vivência e do reconhecimento dos patrimónios eborenses que nossas tradições terão espaço no futuro.
Esta iniciativa integra um conjunto de atividades preparatórias, que culminarão na realização da Noite Europeia dos Investigadores, em 27 de Setembro de 2019, na Praça do Giraldo (Évora). Tais ações estão inseridas no projeto “Ciência na Cidade”, financiado pela Comissão Europeia, no âmbito das Ações Marie Curie. O projeto resulta de um consórcio entre a Universidade de Évora, a Universidade do Minho, Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, o Instituto Universitário de Lisboa, a Escola Superior de Turismo e Hotelaria do Estoril, a Câmara Municipal de Lisboa e a Universidade de Lisboa sob coordenação do Museu Nacional de História Natural e da Ciência. Em Évora, além da Universidade também contamos com os apoios da Câmara Municipal de Évora e da Direção Regional de Cultura do Alentejo.

Conheça o Programa completo

BioBlitz ISCTE 

16 de maio | 9h00

 

Um BioBlitz é uma atividade que procura medir a  biodiversidade de um local, pela contagem das espécies existentes!

Esta atividade de ciência cidadã tem um propósito científico útil,  mas é também um momento lúdico  e de aprendizagem para os participantes.

 

Programa

09h00-10h30 | Aves

10h30-12h00 | Plantas

14h00-15h30 | Insetos

15h30-17h00 | Líquenes

 

Informações úteis:

Para esta atividade será usada uma aplicação própria para o evento e será feito um percurso pedonal.

Deverá trazer:

-Telemóvel, com bateria carregada;

-Roupa e calçado confortável;

-Binóculos para observação de aves.

 

Percurso | Campus da Cidade Universitária

Inscrição obrigatória aqui

 

A BioBlitz is an activity that seeks to measure the biodiversity of a certain place, by counting the existing species!

This citizen science activity has a useful scientific purpose, but it is also a leisure and learning moment for the participants.

 

Program

09.00 a.m. | group Birds

10.30 a.m. | group Plants

02.00 p.m. | group Insects

03.30 p.m. | group Lichens

 

Useful information

A specific application will be used for the event, and a pedestrian path will be followed.

You should bring:

-Cellphone, fully charged;

-Comfortable clothing and footwear;

-Binoculars for bird watching.

 

Route

Campus Cidade Universitária, Lisbon

 

Ver programa completo

As alterações climáticas relacionam-se com diversos comportamentos do ser humano, sendo um dos que tem mais impacto a alimentação, o que significa que as escolhas alimentares podem determinar o futuro do nosso planeta.

Apesar de há muitos anos se advogar uma alimentação saudável, com aumento do consumo de hortícolas, leguminosas e cereais de boa qualidade, e a consequente diminuição do consumo de carne, os desequilíbrios alimentares mantêm-se com consequências graves para a saúde dos indivíduos, em particular dos mais novos.

Hoje, com a sustentabilidade na ordem do dia, torna-se mais fácil advogar pela alteração dos hábitos alimentares, pois uma alimentação sustentável é uma alimentação saudável, que implica mudança nas nossas práticas diárias, no tipo de alimentos que consumimos e na forma como os consumimos.

Neste workshop iremos apresentar ideias e soluções práticas, fáceis, acessíveis para o dia a dia de todas as famílias que nos ajudarão a cuidar da nossa saúde e do planeta.

 

Local | Anfiteatro de cozinha da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril

20 participantes/máx.

Atividade gratuita mediante inscrição

Inscrições | geral@museus.ulisboa.pt | 213 921 808

Workshop | Olhó Peixe Fresquinho

4 mai, 10h00

Acha que conhece o peixe que consome? Sabe quais são as espécies comercialmente mais importantes em Portugal? E como serão capturadas? Existirão épocas preferenciais para o seu consumo?

Traga a família e participe na atividade preparatória da Noite Europeia dos Investigadores (27 set.). Venha adquirir novos conhecimentos e pôr os seus à prova numa visita ao Mercado Municipal de Alvalade Norte. No final ainda poderá ir de cesta cheia e preparar um belo jantar de peixe fresco, sugerido e amanhado pelas peixeiras de serviço.

Atividade gratuita mediante inscrição
geral@museus.ulisboa.pt | 213 921 808

Parceiro organizador do evento | MARE - Centro de Ciências do Mar e do Ambiente

Demonstrações e Desafios | À Descoberta da Tabela Periódica

24 abril, 10h00-18h00

Entrada gratuita

Local | Sala Ágora, FCT NOVA

 

2019 é o Ano Internacional da Tabela Periódica dos Elementos Químicos. Esta resolução das Nações Unidas e da UNESCO celebra a criação de uma das ferramentas mais importantes que intervém em todas as áreas de conhecimento científico. A Noite Europeia dos Investigadores associa-se “À Descoberta da Tabela Periódica”, demonstrações hands on para todas as idades.

Activities

1 - A luminescência dos elementos

À descoberta da luminescência dos elementos, das terras raras aos calcogénios, passando pelo Urânio e pelos gases nobres.

2- O circuito electrónico em papel

Zinco, o 24º elemento mais abundante na terra! Sensores de ultravioleta usando óxido de zinco.

3- Mostradores em papel

Aplicação do carbono na electrónica devido à sua condutividade e flexibilidade.

4- Energia e movimento humano

Novas tecnologias inteligentes para atingir um ambiente mais limpo.

5 – Faz do silício a tua fonte de energia solar

Com silício podemos fabricar células solares que captam a energia solar e a convertem em eletricidade.

6 – O espetro da luz emitida por H, He, O e Ne

Nesta experiência observam-se transições electrónicas de átomos excitados de H, He, O e Ne.

7 - Decaimento radioativo de elementos transuranianos

Os elementos transuranianos plutónio (239Pu), amerício (241Am) e cúrio (244Cm) são radioativos e desintegram-se em elementos mais estáveis.

8 - Energia e hidrogénio

Um veículo movido a hidrogénio, como energia alternativa. Do tubo de escape só sai água!.

9 - A Tabela Periódica da NOVA!

Uma Tabela Periódica feita na FCT-NOVA, um patchwork único e divertido!

10 – À descoberta do grupo do carbono

Os elementos do grupo do carbono: aplicações na sociedade e onde estão presentes!

11 - Cronologia dos elementos

Projeção de vídeo com a cronologia da descoberta dos elementos ao longo da história da humanidade.

12 - Tabela Periódica mineralógica

Grande parte dos elementos químicos que usamos diariamente são extraídos de minerais.

 

Organização| FCT NOVA

Apoios| Centros de Investigação: LAQV-REQUIMTE, UCIBIO-REQUIMTE, VICARTE, CENIMAT, CEFITEC, LibPHYS, GeoBioTec

Patrimónios de Évora

11 abril, 14h00

No âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios da UNESCO - 18 de abril -  o parceiro da Noite Europeia dos Investigadores, Universidade de Évora, realiza no dia 11 de abril, entre as 14h00 e as 18h00, no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo uma série de atividades de comemoração do património da cidade de Évora.

Conheça o programa completo

 

 

Local: 

Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo

Largo do Conde de Vila Flor
7000-804 Évora, Portugal

 

Mais informações:

Scicity@uevora.pt

Conference | Biology and cancer: are we closer to finding the cure?
21 fevereiro 2019, 17h30

60 Minutos de Ciência

A biologia tumoral condiciona vários desafios aos clínicos que se dedicam ao tratamento do cancro. Caracterizado por ser um espetro extremamente heterogéneo de entidades, com uma complexidade ainda não inteiramente compreendida, o cancro tem uma  capacidade de adaptação Darwiniana à pressão seletiva exercida pelas diversas terapêuticas empregues. Adicionalmente, o cancro consegue ainda subverter os mecanismos do sistema imunitário tornando-se indetetável através de mecanismos de escape imunológico.

A disponibilidade sem precedentes de uma quantidade de informação massiva, providenciou uma janela de oportunidade magnífica para o desenvolvimento de novas terapêuticas. Existem neste momento mais fármacos em desenvolvimento para a terapêutica do cancro do que para qualquer outra patologia, correspondendo a um quarto dos ensaios clínicos em curso. Isto trouxe-nos duas novas ondas de fármacos, para além da clássica quimioterapia. Por um lado as terapêuticas dirigidas a alterações moleculares específicas e, por outro, a imunoterapia, que tem como objetivo explorar o potencial do sistema imunitário para a destruição das células tumorais, sendo capaz de ser ativa num largo espetro de patologias e de conseguir respostas sustentadas.

Neste momento, com recurso a estes meios, vislumbra-se numa parte não desprezível de doentes com doença avançada, a eradicação da doença de forma sustentada, colocando no horizonte a possibilidade de tornar o cancro uma doença crónica.

 

About the speaker

André Mansinho, Oncologia Médica
Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte - Hospital de Santa Maria
Instituto de Medicina Molecular - João Lobo Antunes

Oncologista Médico no Hospital de Santa Maria, Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte. Fellowship na unidade de ensaios clínicos de fase I no START Madrid. Investigador em vários ensaios de fase 1-3 e colaborador na investigação translacional no Instituto de Medicina Molecular - João Lobo Antunes. Professor convidado de Oncobiologia para estudantes de Medicina na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FM-ULisboa). Autor de vários capítulos de livro e artigos originais. Áreas de interesse: cancro genitourinário, melanoma, cancro colorectal, metástases ósseas, ensaios clínicos de fase precoce.

4ª Edição do Ciclo de conversas "60 Minutos de Ciência"

Num formato informal e descontraído, 60 minutos de Ciência pretende ser um fórum de discussão entre especialistas e cidadãos sobre temas atuais de Ciência. Com a duração de uma hora, as suas sessões decorrem nas terceiras quintas-feiras do mês, pelas 17h30, com lugar no MUHNAC-ULisboa e no Edifício Caleidoscópio, no Jardim do Campo Grande em meses alternados.
Este ciclo é uma iniciativa do Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa (MUHNAC-ULisboa), do Comité UNESCO Matemática do Planeta Terra (MPT-UNESCO) e da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FC - ULisboa).

Para onde vai o lixo que eu separo?

11 de abril, 10h30

Alguma vez se perguntou para onde vai o lixo que coloca no ecoponto? Vidro, papel, cartão, plástico e metal colocados nos ecopontos ou recolhidos porta-a-porta em 19 municípios da Grande Lisboa e da Região Oeste são encaminhados para dois Centros de Triagem da Valorsul. Aí são separados e encaminhados para a indústria da reciclagem, que produzirá novos materiais. Ao longo desta visita terá a oportunidade de conhecer o Centro de Triagem e Ecocentro do Lumiar e de compreender como decorre este importante processo de triagem de resíduos.

Ponto de Encontro: Centro de Triagem e Ecocentro do Lumiar, Estr. Militar, 1600-516 Lumiar - Lisboa

Número máximo de participantes: min. 10 | máx. 30

Inscrição: geral@museus.ulisboa.pt | 213 921 808

Idade mínima de participação: 10 anos

Atividade gratuita

Inscrições até ao dia 09 de abril de 2019

Conversa | Ciência no feminino: desafios e vivências
29 março 2019, 19h00

Em 2017, a OCDE publicou o relatório sobre questões de género que revelou um dado interessante: 57% das portuguesas optam pela formação nas áreas das ciências, engenharia e matemática. Ao contrário da maioria dos outros países membros, em que as carreiras científicas são essencialmente masculinas, Portugal dá um exemplo de paridade. Além disso, 77% dos títulos de doutoramento no nosso país também são obtidos por mulheres. No entanto, há muito a fazer: mais da metade dos investigadores contratados em Portugal são homens (55%). Entre os anos de 2008 a 2012, houve um aumento no número de mulheres contratadas como investigadoras, mas elas ainda são menos representadas nas universidades, estando na sua maioria empregadas na função pública.

Para conhecermos um pouco mais sobre os percursos profissionais das mulheres cientistas, os desafios enfrentados em seu quotidiano e as ações que vêm sendo desenvolvidas pela Administração Pública, convidamos toda a comunidade a participar numa conversa que se realizará no dia 29 de março de 2019, pelas 17 horas, na Biblioteca Pública de Évora, organizada pelo IHC – CEHFCi – UÉvora e CICS.NOVA.UÉvora da Universidade de Évora.

Este encontro integra um conjunto de atividades preparatórias e a realização de um grande evento de divulgação científica para a população eborense, a Noite Europeia dos Investigadores no dia 27 de setembro de 2019, inseridas no projeto Science in the city financiado pela Comissão Europeia, no âmbito das Ações Marie Curie. O projeto resulta de um consórcio entre a Universidade de Évora, a Universidade do Minho,  Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, o Instituto Universitário de Lisboa, a Escola Superior de Turismo e Hotelaria do Estoril, a Câmara Municipal de Lisboa e a Universidade de Lisboa sob coordenação do Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

Organizador: IHC – CEHFCi – UÉvora e CICS.NOVA.UÉvora da Universidade de Évora

Local: Biblioteca Pública de Évora

Hands-on activity | Guess the Periodic Table
2 February 2019, 15h00

FREE ENTRY UPON MANDATORY REGISTRATION

O meu símbolo não é F
Embora possa parecer
O isqueiro é meu concorrente
Para ajudar a acender.
Quem sou eu?

Do you enjoy a good riddle? What about chemistry? Take the challenge and test your knowledge about the elements of the Periodic Table and its features.

With this iniciative promoted within the scope of the European Researchers' Night, MUHAC will join the celebrations of the International Year of the Periodic Table - 2019, proclaimed by the United Nations.

Registrations: geral@museus.ulisboa.pt | +351 213921808

Organisation | MUHNAC-Ulisboa
Place | Reserva visitável, MUHNAC-ULisboa