Atividades Preparatórias

Calendário de Eventos

Enquanto a Noite não chega, poderá participar nas atividades preparatórias que decorrem ao longo do ano. Consulte as atividades e participe!

Lisboa:

Sabe como se produz um medicamento? Neste workshop, o público pode colocar-se na pele do investigador para percorrer as várias etapas de elaboração de um medicamento, nomeadamente, a descoberta do seu alvo, a sua síntese, purificação e formulação que assume para ser direcionado para o órgão afetado e, finalmente, a validação da sua eficácia em modelos celulares e animais. No que diz respeito à sua formulação, diferentes estratégias podem ser utilizadas de acordo com o alvo e a via de administração.

O diálogo entre a arte e a ciência, nesta atividade que decorre com investigadores na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, também se fará sentir com a presença de algumas peças de escultura sobre questões ligadas aos órgãos alvo dos medicamentos.

Organização: iMed.ULisboa, Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa

Local da atividade: Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa

Inscrições abertas através do e-mail neinvestigadores@gmail.com

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
Já alguma vez pensou em como a área das ciências da saúde evoluiu ao longo do tempo e que influência essa isso tem no nosso dia-a-dia?

Nesta atividade será possível conhecer e aprender algumas curiosidades sobre esta evolução temporal, nomeadamente nas áreas da nanotecnologia, dos produtos naturais, da nutrição e da dermofarmácia, entre outras.

Os participantes terão uma oportunidade única de aprender sobre estas áreas da saúde, podendo interagir com as algumas das etapas envolvidas no desenvolvimento de medicamentos à base de plantas e na síntese de novos fármacos, bem como na sua incorporação em diferentes sistemas de veiculação e na evolução destas áreas ao longo dos tempos.

Os intervenientes, poderão ainda aprender um pouco mais sobre alguns temas atuais na saúde, como a relevância da emergente área da nutrição, à controversa temática das vacinas.

Local onde decorrerá o workshop: Instalações da Universidade

Organização: CBIOS/ULHT

Local da atividade: Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Inscrições abertas através do e-mail neinvestigadores@gmail.com

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
Gostava de ser biólogo marinho por um dia? Se sim, suba a bordo de um catamaran, ancorado na Doca de Alcântara, e fique a conhecer as principais tarefas de um biólogo marinho na investigação sobre ecologia e conservação de cetáceos.

A atividade não inclui uma saída de mar, mas na embarcação os participantes poderão fazer observação, registo e identificação de fauna marinha e ficar a conhecer as etapas de campo da investigação científica e compreender a necessidade de conservar as populações de golfinhos e baleias.

Organização: Associação para as Ciências do Mar (APCM)

Local da atividade: Marina de Alcântara

Inscrições abertas através do e-mail neinvestigadores@gmail.com

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
Gostaria de saber mais sobre a sua cidade? E se pudesse ativamente sugerir ideias para a melhorar? É o que nos propõe a aplicação móvel WAY CyberParks. Disponível em IOS e Android, fornece informações ao utilizador à medida que passeia pelo espaço urbano (praças, ruas, parques, jardins, etc.), possibilitando o envio de ideias, sugestões ou mesmo reclamações de diferentes formas, como textos, imagens, vídeos ou som.

Através destas duas funções (Pontos de Interesse e social reporting "relato social") o projeto tenta desvendar como as pessoas usam os espaços públicos, quais são as suas preferências e necessidades e possibilita o desenvolvimento de ações para a melhoria do uso do espaço público.

No próximo dia 15 de julho, pela manhã, junte-se ao Projeto CyberParks e venha passear pela Mouraria e conhecer a cidade de uma outra forma! Só precisa de trazer o seu smartphone!

Nota: Deve descarregar a aplicação previamente em: http://cyberparks-project.eu/app.

Organização: Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias/Centro de Estudos Interdisciplinares em Educação e Desenvolvimento (ULHT/CeiED) e  Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC)

Local da atividade: com início no Largo do Intendente em Lisboa

Inscrições abertas através do e-mail neinvestigadores@gmail.com

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
Já alguma vez pensou nas potencialidades da energia do sol em aplicações de conversão térmica? Gostava de conhecer um laboratório de energia solar e quais as grandes inovações que por lá acontecem? Então venha visitar as instalações da Unidade de Energias Renováveis e Integração de Sistemas de Energia (UER) do Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG).

Com esta atividade pretende-se mostrar as possibilidades e aplicações do recurso solar como fonte renovável de energia em aplicações da conversão térmica a diferentes níveis de temperatura com ou sem recurso a soluções de concentração da radiação.

Será também a oportunidade para conhecer instrumentos, procedimentos de avaliação do recurso, requisitos e ensaios de materiais e equipamentos, mas acima de tudo as novas linhas de I&D tecnológico em sistema de concentração solar com lente de Fresnel.

No próximo dia 8 de julho, junte-se aos investigadores do LNEG no Edifício Solar XXI - Campus do Lumiar (Telheiras).

Organização: Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG)

Local da atividade: Edifício Solar XXI - Campus do Lumiar (Telheiras)

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
Já todos sabemos que as alterações climáticas são uma das grandes ameaças ambientais dos nossos tempos. Mas o que é o sistema climático e os seus constituintes (atmosfera, oceanos, gelos…)? Quais os seus mecanismos e impactos na superfície terrestre onde vivemos? Neste workshop vamos tentar responder a estas e outras perguntas.

Porque o Sol é fundamental, terá oportunidade de visitar o campus solar da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Ficará ainda a conhecer o nosso passeio de instrumentos meteorológicos e perceber como se mede a temperatura, humidade, pressão e vento.

Participe em diversas experiências que demonstram os processos físicos atmosféricos e oceânicos e do ciclo da água, em particular:

  • O motor do clima é o Sol
  • Porque é que que o céu é azul?
  • Tiro ao alvo com um tornado
  • O que acontece se o Ártico derreter?
  • Como diferenças de temperatura e salinidade geram correntes? 

Workshop realizado na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e dinamizado pelos investigadores do Instituto Dom Luiz.

Organização: Instituto Dom Luiz.

Local da atividade: Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
Por vezes, saber quem é quem não é tarefa fácil! Que técnicas se utilizam para identificar um indivíduo? Como se faz para recolher impressões digitais num local de investigação? São estes métodos infalíveis?

A Ciência também está por detrás da nossa segurança! Junte-se à Polícia Judiciária e descubra porque é que, apesar das novas tecnologias, as  impressões digitais continuam a ser uma importante ferramenta nas suas investigações.

Esta atividade é dinamizada pelo Laboratório de Polícia Científica - Peritos de Lofoscopia do LPC/Setor de Identificação Judiciária e tem lugar no Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa.

Organização: Polícia Judiciária

Local da atividade: Museu Nacional de História Natural e da Ciência

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
Na oficina "Um espaço virtual à tua medida", dinamizada pelo ISCTE-IUL lançamos-lhe o desafio de criar um espaço em Realidade Virtual e personalizá-lo ao seu gosto! Vai poder criá-lo de raiz e levar consigo as suas coisas preferidas, tais como retratos, quadros e outros objetos pessoais, tornando esta realidade virtual num espaço à sua medida! Participe e venha explorar connosco as potencialidades do uso da tecnologia de Realidade Virtual Imersiva e de Fotogrametria na Arquitetura, utilizar os equipamentos e o software específico (Oculus Rift e software Unity) e ficar a conhecer as potencialidades que o seu uso traz para a conceção e visualização de projetos de arquitetura.

O ISTAR-IUL, centro de investigação do ISCTE-IUL dedicado a esta tecnologia há mais de uma década, desenvolve soluções de realidade virtual e de realidade aumentada para uso nas fases de conceção de projeto e estudos do património e convida agora todos os interessados a conhecer a fundo o seu trabalho!

Organização: ISTAR-Instituto Universitário de Lisboa

Local da atividade: Instituto Universitário de Lisboa

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.

O BioBlitz Monsanto está de volta e este ano trocámos a Primavera pelo Outono. Será que a biodiversidade observada em Monsanto se altera com a mudança de estação? Quantas espécies vamos registar este ano? No dia 23 de setembro junte-se aos vários investigadores que vão estar presentes e ajude-nos a registar o maior número de espécies outonais.

O desafio está lançado e contamos com a ajuda de todos! Não falte!

A participação é livre!

Rota da Biodiversidade de Lisboa

Anfiteatro Keil do Amaral | Moinho do Penedo

PROGRAMA
09h00-11h00 - Aves | Ana Leal
10h00-12h00 - Répteis | Paulo Cardoso
11h00-13h00 - Árvores e arbustos | Paulo Cardoso
12h00-14h00 - Borboletas | Patrícia Garcia Pereira
14h00-16h00 - Libélulas | Albano Soares
15h00-17h00 - Gafanhotos e grilos | Eva Monteiro
16h00-18h00 - Insectos | Eva Monteiro, Sofia Seabra
17h00-19h00 - Líquenes e musgos | Palmira Carvalho, César Garcia
18h00-20h00 - Mamíferos | Ana Luísa Barros
19h00-21h00 - Aves noturnas | Ana Leal
20h00-22h00 - Morcegos e anfíbios | Margarida Augusto, Inês Rosário
21h00-23h00 - Borboletas noturnas | Eva Monteiro, Albano Soares
22h00-00h00 Apresentação dos resultados

Ponto de encontro: Anfiteatro Keil do Amaral

Material: Máquina fotográfica ou telemóvel com câmara, calçado confortável, água.

Mais informações:
www.noitedosinvestigadores.org
neinvestigadores@gmail.com
https://tinyurl.com/neinvestigadores

Todas as observações serão integradas na maior plataforma de biodiversidade portuguesa – BioDiversity4All – Biodiversidade para Todos!

Porto:

No próximo dia 27 de setembro, das 10h00 às 12h00, o Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP), enquanto membro do Consórcio SCILIFE, promotor da Noite Europeia dos Investigadores 2017, acolherá na Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva, Jardim Botânico do Porto, o workshop “A Arboricultura na Fundação de Serralves”.

Como é feita a gestão das árvores em Serralves para preservar a sua qualidade de vida? Qual o contributo da arboricultura para a longevidade das espécies que podemos ver nesse jardim? Nesta sessão, dinamizada pelo arquiteto paisagista Ricardo Bravo e pelo arboricultor Jorge Costa, vai ficar a conhecer a resposta a esta e a outras questões, pois vão ser dadas a conhecer as técnicas utilizadas por estes dois especialistas.

No final da sessão, haverá lugar para uma visita ao jardim Botânico para uma abordagem mais prática ao tema.

Esta será uma atividade destinada ao público em geral.

A participação é gratuita mediante inscrição prévia até ao dia 24 de setembro através do endereço neinvestigadoresporto@gmail.com, até ao número máximo de 20 participantes.

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
No próximo dia 17 de setembro, das 10h00 às 12h00, o Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP), enquanto membro do Consórcio SCILIFE, promotor da Noite Europeia dos Investigadores 2017, acolherá na Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva, Jardim Botânico do Porto, o workshop “Somos a água que bebemos”.

A água é essencial à vida. O nosso corpo é constituído maioritariamente por água e precisamos dela para poder sobreviver. Mas será que toda a água que bebemos é boa? Será que é segura? Podemos beber qualquer tipo de água? Neste workshop, dinamizado pelo investigador Vítor Almeida, ficaremos a conhecer, entre outros aspetos, os diferentes tipos de água, como avaliar a sua qualidade e quais os parâmetros mais importantes para a sua caracterização. Vítor Almeida é aluno de Doutoramento em Ciências e Tecnologias do Ambiente – Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja, E.M. Atualmente está a desenvolver um estudo sobre a “Viabilidade para o Aproveitamento de Águas Pluviais em Sistemas Urbanos na cidade de Beja”. É licenciado em Biologia e mestre em Biologia e Gestão da Qualidade da Água.

Esta será uma atividade destinada ao público em geral. Participação gratuita mediante inscrição prévia até ao dia 13 de setembro através do endereço neinvestigadoresporto@gmail.com, até ao número máximo de 20 participantes.

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
No próximo dia 10 de setembro, das 10h00 às 12h30, o Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP), enquanto membro do Consórcio SCILIFE, promotor da Noite Europeia dos Investigadores 2017, acolherá na Galeria da Biodiversidade – CCV o workshop “Milho, pintos e pintarolas: a importância da biodiversidade!”, dinamizado por Xana Sá Pinto, investigadora do CIDTFF.UA e da P.Porto: ESE.

Numa conversa entre pipocas e pintarolas, convidamo-los a discutir e aprender o que é a biodiversidade e qual a sua importância. Mas antes, começaremos por observá-la e admirá-la na visita pela Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva, bem no coração do Jardim Botânico.

Esta será uma atividade destinada ao público em geral.

A participação é gratuita mediante inscrição prévia até ao dia 4 de setembro através do endereço neinvestigadoresporto@gmail.com, até ao número máximo de 20 participantes.

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
No próximo dia 9 de setembro, das 10h00 às 12h00, o Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP), enquanto membro do Consórcio SCILIFE, promotor da Noite Europeia dos Investigadores 2017, acolherá na Galeria da Biodiversidade – CCV o workshop “Ferramentas de Prevenção do Cancro”.

Nesta sessão, dinamizada pelo investigador Nuno Ribeiro do IPATIMUP – i3S, serão apresentadas algumas ferramentas desenvolvidas para prevenção do cancro que poderão ser utilizadas em contextos educativos formais e informais. A prevenção do cancro depende de ações concretas que todos devemos conhecer!

Esta será uma atividade destinada ao público em geral.

A participação é gratuita mediante inscrição prévia até ao dia 4 de setembro através do endereço neinvestigadoresporto@gmail.com, até ao número máximo de 20 participantes.

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.

16 de setembro – das 7h30 às 22h30, Jardim Botânico do Porto - Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto

Que seres vivos se escondem no Jardim Botânico do Porto? No Bioblitz vai poder encontrar e ver o que é mais difícil numa normal visita. Com a ajuda de investigadores do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO-InBIO) e do Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP) terá a possibilidade de descobrir répteis e anfíbios, aves, líquenes, invertebrados, pequenos mamíferos terrestres e muitos outros animais, plantas e fungos.

Quantas espécies conseguimos descobrir num só dia? Para saber a resposta basta participar no Bioblitz, uma atividade que permite um contacto direto entre as pessoas e a natureza!

Todas as observações serão integradas na maior plataforma de biodiversidade portuguesa – BioDiversity4All – Biodiversidade para Todos!

Investigadores responsáveis: Ricardo Jorge Lopes, Francisco Álvares, Joana Paupério, Clara Ferreira, Helena Gonçalves, Raquel Ribeiro, José Manuel Grosso-Silva, Carlos Vila-Viçosa, Cristiana Vieira, Helena Hespanhol, Juliana Monteiro, Paula Portela, Joana Marques, Joana Tinoco, Iuri Frias, José Manuel Grosso-Silva.

Participação gratuita com inscrição no local.

Para mais informações: neinvestigadoresporto@gmail.com

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.

Braga:

No próximo dia 23 de setembro, decorrerá uma sessão integrada no ciclo de oficinas "Há Ciência na Cidade!", em parceria com o Centro de Química e o Departamento de Biologia da Escola de Ciências da Universidade do Minho.

Esta sessão enquadra-se no projeto “SCILIFE – Science in Everyday Life / Ciência no dia-a-dia”, que tem o seu momento alto no próximo dia 29 de setembro, data em que se comemora, por toda a Europa, a Noite Europeia dos Investigadores.

Neste dia, especialistas de renome nacional e internacional reúnem-se na Escola de Ciências da UMinho para debater o estado da Inovação na Indústria Agroalimentar. Ou, pelo menos, é esse o mote fictício a partir do qual esta atividade se desenrola. Os participantes serão convidados a ter um papel ativo na resolução de um crime que ocorreu no recinto da Universidade. Assim, estes embarcarão numa jornada ao estilo de uma caça ao tesouro, desvendando as pistas com recurso a conhecimentos das áreas da biologia e da química. À medida que a atividade prossegue, os participantes poderão contactar com os suspeitos a fim de obterem informação que ajude a ilibá-los do crime... ou a identificá-los como o culpado!.

A participação na atividade é gratuita, mas requer inscrição prévia até dia 19 de setembro através do formulário disponível em https://goo.gl/forms/4FQKL7mtzvX7BRpx1

Participe!

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
Centro de Ciências da Terra da Escola de Ciências da Universidade do Minho, Campus de Gualtar, Braga, 22 de julho, 10h-13h

A participação na atividade é gratuita, mas requer inscrição prévia até dia 18 de julho através do formulário disponível em https://goo.gl/forms/LcOryMhzgACacRR83

Esta atividade pretende dar a conhecer o modo como os Veículos Aéreos não Tripulados (mais conhecidos por drones) podem ser utilizados em diversas áreas da geologia, utilizando o ponto de vista privilegiado que é possível obter com fotografia aérea. Esta ação inclui uma demonstração operacional no exterior e uma demonstração dos resultados obtidos numa pequena palestra posterior.

Esta sessão enquadra-se no projeto “SCILIFE – Science in Everyday Life / Ciência no dia-a-dia”, que tem o seu momento alto no próximo dia 29 de setembro, data em que se comemora, por toda a Europa, a Noite Europeia dos Investigadores.

Participe!

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
Workshops Biologia

Departamento de Biologia da Escola de Ciências da Universidade do Minho, Campus de Gualtar, Braga, 15 de julho, 10h-13h

A participação na atividade é gratuita, mas requer inscrição prévia até dia 11 de julho através do formulário disponível em https://goo.gl/forms/h0cRdknHROYO8Qfk1 Participe!

O participante poderá escolher 1(um) dos seguintes workshops:

WORKSHOP 1 - O que há numa folha? Atividade destinada a participantes com mais de 14 anos. Descrição: Tendo como objeto centralizador da ação a folha de uma planta, os participantes serão convidados a realizar diferentes experiências para melhor conhecerem a estrutura e funcionamento deste órgão. Exemplos serão a avaliação do efeito de diferentes fatores na transpiração foliar, observação de estomas e tricomas ao microscópio ótico, observação de cloroplastos em microscopia de fluorescência e extração e separação de pigmentos fotossintéticos.

WORKSHOP 2 - Microrganismos, as fábricas do futuro Atividade destinada a participantes com mais de 15 anos. Descrição: Na Natureza podemos encontrar proteínas com variadas funções que vão desde componentes estruturais a transportadores de nutrientes. Ao longo da evolução, estas proteínas foram aperfeiçoadas dando origem a estruturas especializadas de elevada performance. Nesta atividade pretende-se mostrar alguns exemplos da utilização de microrganismos para a produção de compostos de interesse inspirados na natureza com o objetivo de desenvolver materiais avançados e compostos de valor acrescentado. Tudo isto usando técnicas de engenharia genética e microrganismos como fábricas celulares.

WORKSHOP 3 - Perceber o envelhecimento celular com a ajuda do fermento do padeiro Atividade destinada ao público em geral. Na presente atividade será demonstrado como podemos usar a levedura (o fermento de padeiro) para estudarmos as alterações das células quando envelhecem ou morrem em resposta a um agente tóxico. Vamos usar proteínas e compostos fluorescentes para avaliar estas alterações com a ajuda do um microscópio de fluorescência e de um citómetro de fluxo.

WORKSHOP 4 - Avaliação da qualidade ecológica da água dos rios Atividade destinada a participantes com mais de 12 anos. A atividade pretende oferecer aos visitantes a oportunidade de conhecerem por dentro um centro de investigação e seus laboratórios. O tema central é a diversidade biológica nos ecossistemas de água doce e as ameaças que este património natural enfrenta face às alterações causadas pelas diversas atividades humanas. Para além das atividades científicas, os visitantes terão ainda oportunidade de conhecer a cidade de Braga e o Campus Universitário de Gualtar. Os interessados podem trazer os seus computadores, tablets, câmara fotográfica, e – sobretudo – uma boa dose de curiosidade!

Sessões integradas no ciclo de oficinas "Há Ciência na Cidade!", em parceria com o Departamento de Biologia da Escola de Ciências da Universidade do Minho. Esta iniciativa enquadra-se no projeto “SCILIFE – Science in Everyday Life / Ciência no dia-a-dia”, que tem o seu momento alto no próximo dia 29 de setembro, data em que se comemora, por toda a Europa, a Noite Europeia dos Investigadores.

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
Estatística no Estudo do Cancro da Mama

Centro de Matemática da Escola de Ciências da Universidade do Minho, Campus de Gualtar, Braga, 8 de julho, 10h-13h

A participação na atividade é gratuita, mas requer inscrição prévia até dia 4 de julho através do formulário disponível em https://goo.gl/forms/pq60ktdgIfs7ilvr1

Nesta atividade irão ser apresentadas ferramentas estatísticas utilizadas num estudo de investigação para o cancro da mama. Este é o resultado de uma colaboração entre a Universidade do Minho e a Unidade de Senologia do Hospital de Braga. Desta colaboração resultou uma aplicação informática de gestão de dados nesta área médica, bem como a apresentação, em tempo real, de análise estatística para tempos de sobrevivência e evolução de marcadores tumorais.

Participe!

No próximo dia 8 de julho, decorrerá uma sessão integrada no ciclo de oficinas "Há Ciência na Cidade!", em parceria com o Centro Matemática da Escola de Ciências da Universidade do Minho. Esta sessão enquadra-se no projeto “SCILIFE – Science in Everyday Life / Ciência no dia-a-dia”, que tem o seu momento alto no próximo dia 29 de setembro, data em que se comemora, por toda a Europa, a Noite Europeia dos Investigadores.

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
Vês o que eu vejo?

Centro de Física/Colour Science Lab da Escola de Ciências da Universidade do Minho, Campus de Gualtar, Braga, 1 de julho, 10h-13h

A participação na atividade é gratuita, mas requer inscrição prévia até dia 27 de junho através do formulário disponível em https://goo.gl/forms/TWnZykf4fZrGswYh2

Mesmo com uma excelente visão que nos permita ver detalhadamente, ver o que nos rodeia pode permitir uma perceção completamente diferente do que inicialmente se pode imaginar. A melhor prova desta afirmação é a existência de ilusões que desafiam a lógica e os nossos sentidos. É objetivo desta atividade permitir a interação dos participantes com ilusões visuais e simulações visuais que vão permitir apreender e perceber como o nosso cérebro processa o que vemos.

Participe!

A Escola de Ciências da Universidade do Minho, membro do consórcio organizador da Noite Europeia dos Investigadores 2017, promove no próximo dia 1 de julho, uma sessão integrada no ciclo de oficinas "Há Ciência na Cidade!", em parceria com o Centro de Física/Colour Science Lab da Escola de Ciências da Universidade do Minho.

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
Cromatografia: a técnica que controla tudo o que consumimos!

Centro de Química da Escola de Ciências da Universidade do Minho, Campus de Gualtar, Braga, 17 de junho, 10h-13h

A participação na atividade é gratuita, mas requer inscrição prévia até dia 13 de junho através do formulário disponível em https://goo.gl/forms/BOAhqBz3VmuLwZfG2

A cromatografia, apesar de não ser um termo familiar para muitos, é uma técnica que afeta as nossas vidas diárias de várias maneiras. Nas suas diversas formas, é uma das ferramentas mais poderosas na química analítica graças à precisão e ao rigor com que pode identificar e quantificar substâncias. Para além do papel fundamental na investigação científica, particularmente na Química, Biologia e Medicina, é essencial no controlo ambiental, na investigação forense e na análise de dopagem em atletas. Na vida real, assegura a qualidade em cada embalagem de tudo o que consumimos: alimentos, bebidas, cosméticos, medicamentos, vacinas, tintas, vernizes, combustíveis, etc. Nesta atividade serão apresentados os fundamentos da cromatografia através de uma experiência colorida e será demonstrado o papel das técnicas cromatográficas avançadas no controlo de qualidade a indústria alimentar, através da análise de algumas das nossas bebidas favoritas..

Participe!

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.
Plásticos inteligentes! Como desenvolver sensores e superfícies interativas a partir de polímeros e nanopartículas

Centro de Física, Escola de Ciências da UMinho, Campus de Gualtar, Braga, 10 de junho, 10h-13h

A Escola de Ciências da Universidade do Minho, membro com consórcio organizador da Noite Europeia dos Investigadores 2016-2017, promove no próximo dia 10 de junho a sua primeira sessão integrada no ciclo de oficinas "Há Ciência na Cidade!", em parceria com o Centro de Física da UMinho.

Num mundo interconectado e interativo como o atual, a necessidade de sensores do mais variados tipos é crescente. Para novas aplicações, novos tipos e formatos de sensores são requeridos, incluindo sensores para grandes áreas, flexíveis, transparentes, entre outras. Nesta atividade, será mostrado como se desenvolvem materiais para sensores de pressão, deformação, temperatura ou campo magnético. Será mostrado como os sensores podem ser impressos. Será mostrada a importância da nano ciência e da nanotecnologia para o desenvolvimento destes materiais e serão desenvolvidas superfícies interativas baseadas nos materiais desenvolvidos.

A participação na atividade é gratuita, mas requer inscrição prévia até dia 6 de junho através do e-mail neinvestigadoresbraga@gmail.com ou do formulário disponível em https://goo.gl/forms/lc3Y4KgHeqho56gr1

Participe!

A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.

Uma espécie de Bioblitz

Quantas espécies de árvores conseguimos identificar?

16 de setembro, 10h-13h, Campus de Gualtar da Universidade do Minho, Braga

Este Bioblitz tem como objetivo encontrar e identificar o maior número possível de espécies vegetais (árvores) numa área específica, ao longo de um curto período de tempo.

Os participantes serão desafiados a desvendar “pequenos enigmas” que têm por base características das espécies vegetais. Para o conseguir, terão que percorrer o Campus de Gualtar para encontrar e fotografar a(s) espécie(s) que corresponde(m) à solução de cada enigma, com a ajuda dos nossos investigadores, num programa para toda a família!

Investigadores responsáveis: Ana Cunha, Teresa Lino Neto e Rui tavares, do Departamento de Biologia da Escola de Ciências da UMinho.

Material necessário: tablet/smartphone que permita o acesso à internet e câmara fotográfica (opcional caso o dispositivo anterior possua câmara), calçado e roupa confortável, chapéu e água.

Participação gratuita com inscrição prévia até dia 12 de setembro através do e-mail neinvestigadoresbraga@gmail.com



A Noite Europeia dos Investigadores é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito das ações Marie Skłodowska Curie.